Cofundador, com o rapper e produtor Dr Dre, da editora Death Row Records, que ajudou a lançar nomes como Tupac Shakur e Snoop Dogg, Suge Knight foi condenado a 28 anos de prisão por homicídio por atropelamento e fuga em 2015. O produtor não contestou a condenação e segundo a Lei do Estado da Califórnia isso corresponde praticamente a uma declaração de culpa.

Em 2015 após uma discussão no set de rodagem do filme Straight Outta Compton, filme sobre o grupo de rap NWA. “Suge” Knight atropelou com a sua pick up Terry Carter, que morreu, e Cle “Bone” Sloan, que ficou gravemente ferido.

Suge será formalmente condenado a 28 anos de prisão em outubro. O acordo judicial assinado evitou prisão perpétua para o ex-magnata do rap. Nele, “Suge” Knight admitiu ter usado “uma arma mortal e perigosa” quando atropelou os dois homens, o que lhe valeu 22 anos de prisão por homicídio e outros seis pelo número de reincidências uma vez que ele ficou prese entre 1997  e 2003 por agressão contra sua namorada.

Suge Knight é um dos personagens mais polêmicos da história do Rap, apesar de nunca ter sido provado, há um consceso nas teorias que ele esteve envolvido diretamente tanto na morte de Tupac Shakur quando de Biggie. A morte de ambos também marcou o inicio da sua decadência.