No dia 26 de dezembro, o rapper, produtor musical e empresário Rincon Sapiência lança, em seu canal oficial do YouTube, o clipe de “Primeiro Volante (Verso Livre)”, faixa que encerra o seu recém-lançado álbum “Mundo Manicongo: Dramas, Danças e Afroreps”. Mantendo a tradição de presentear os fãs sempre na mesma data com um verso livre, no clipe o artista revisita as suas origens na Cohab 1. Localizado na Zona Leste de São Paulo, bairro onde o artista nasceu e cresceu, a região serviu de cenário para retratar o clima da música, que traz uma atmosfera descontraída.

A direção do videoclipe é assinada por Marco Loschiavo, com quem Rincon Sapiência já trabalhou anteriormente no clipe de “Ostentação à Pobreza” e no promofilme do seu novo álbum. O diretor comenta sobre terem conseguido retratar o bairro de Rincon de uma maneira bastante inovadora. “Foi um laboratório de misturas, de colagens, de recortes, de desconstruções de imagens, a gente conseguiu criar um universo gráfico divertido, tendo os prédios como a sua principal textura.” Para que pudesse se aprofundar na vivência do bairro o diretor fez uma imersão com o artista. “O Rincon me levou uma semana antes na Cohab 1 para conhecer o bairro, ele é um cara muito querido lá”, comenta Loschiavo.

As doses de surrealismo e psicodelia, que refletem a nova fase artística do rapper, são trazidas pelos efeitos que o fazem parecer gigante entre os prédios onde viveu sua infância e adolescência. “Eu tenho uma ligação muito forte com a minha quebrada, que não é só pessoal, mas também geográfica. Então eu acho que é de extrema importância registrar os lugares do bairro e o que eles representam, como os campos e os times de futebol. Mesmo em clipes com outras linguagens, que não pedem minha quebrada como locação, eu sempre procuro uma forma de voltar pra ela. E, um ano depois de Mete Dança, que foi a última vez que rodamos um clipe na Cohab 1, foi lá que escolhi gravar “Primeiro Volante (Verso Livre)””, explica Rincon.

A música é dinâmica e conta com várias mudanças no instrumental. Os timbres do grime somam-se ao beat do Mandelão e do house, resultando em uma mistura contagiante.

É entre ruas e becos da Cohab 1 que a ação se desenvolve, sob o viés de exaltação da cultura periférica, tão duramente combatida pelo poder público recentemente. No rolê pelo seu bairro, Rincon Sapiência destila suas célebres punchlines em barras soltas e sem refrão, que caracterizam um verso livre, especialidade que o MC domina como poucos da cena. As rimas, ao mesmo tempo irônicas, ácidas e bem-humoradas, seguem na trilha de outros versos livres lançados anteriormente no mesmo dia 26 de dezembro.

Mantendo viva a cultura do MC (Mestre de Cerimônias), em “Primeiro Volante (Verso Livre)”, Rincon Sapiência mostra que segue em forma, tanto na lírica quanto no flow já mostrados nos versos livres anteriores “Linhas de Soco” (2014), “Ponta de Lança” (2016), “Afro Rep” (2017) e “Mete Dança” (2018). Assim, com suas metáforas e figuras de linguagem sempre geniais, o artista reafirma a sua admiração pela periferia, que é ao mesmo tempo seu lugar de origem e de fala.

Assista “Primeiro Volante (Verso Livre)”:

[Confira Aqui]