“Bon Voyage (Crioulo em Paris)” levanta o debate sobre a desigualdade de oportunidades entre negros e brancos

A música foi gravada durante sua primeira turnê internacional ao lado do DJ Mista Luba, que chega acompanhada de um videoclipe gravado na cidade luz, com direção de Chino e Mouky para a Lazy House Films.

Com um título provocativo, o trabalho levanta o debate sobre a desigualdade de oportunidades entre brancos e negros quanto à possibilidade de viajar e conhecer o mundo. Ao mesmo tempo, ressalta a importância do tema da ascensão por meio da arte independente, que levou o rapper paulistano a cruzar o Atlântico para mostrar sua arte no velho continente.

A viagem, que passou por diversos países em 2017 e marcou o lançamento do premiado álbum “Galanga Livre” em terras europeias, inspirou o Mc, produtor e empresário a registrar suas impressões sobre uma das metrópoles mais cosmopolitas do mundo, Paris, onde o clássico e o moderno se fundem na arquitetura, na música e na moda. A vivência de Rincon nas ruas parisienses desperta imagens que fogem aos clichês sobre a capital francesa, destacando as fortes influências das culturas africana, árabe e asiática, que se estendem desde a culinária até a própria organização espacial da cidade em bairros étnicos.

Assumindo a figura de um imigrante, o artista aborda o tema problemático da xenofobia presente em países como a França, onde a entrada e permanência de estrangeiros é pauta constante de debates públicos. Entre “giros e closes”, em “Bon Voyage (Crioulo em Paris)” Rincon Sapiência foge de uma narrativa deslumbrada sobre a metrópole, trazendo uma reflexão sobre a sua composição multiétnica, onde a beleza e a desigualdade convivem juntas. Nada muito diferente do Brasil deixado para trás pelo rapper, que declara o seu saudosismo pelo o que lhe faz falta por aqui, desde a comida brasileira até os amigos da Cohab 1 – bairro onde nasceu e cresceu, em São Paulo – permeada por temores sobre o futuro do país em meio à crise político-econômica que se instaurava à época.

O clipe traz cenas das andanças do Manicongo – como também é conhecido – e do DJ Mista Luba pelas áreas centrais e periféricas de Paris, entremeadas por registros de shows da tour e da vivência cotidiana da dupla. Há 15 anos dividindo os palcos, na ocasião os parceiros viveram a sua primeira viagem internacional juntos. Durante as horas vagas, entre um show e outro, eles se dedicaram a explorar experiências ligadas ao seus lifestyles em comum, desde o vegetarianismo, passando pela moda, e, claro, a pesquisa musical. Com sample que lembra timbres da musicalidade árabe tão presente em Paris, a música conta com graves potentes e um beat de trap. Tudo isso coroado por versos cortantes que trazem expressões-chave do francês e reafirmam a versatilidade do Mc em construir rimas com as sonoridades de todas as palavras que tocam seus ouvidos, seja em qual for a língua.

Assista“Bon Voyage (Crioulo em Paris)”: