Redman, um rapper americano que ficou famoso nos anos 90 pelo selo, Def Jam, e conhecido em todo o mundo por suas colaborações com Method Man, do Wu-Tang Clan, 2Pac e Eminem, entre outros, há muito tempo é um ativista defensor da maconha. Entre suas famosas ações em defesa da Cannabis estão a primeira capa da icônica da revista pró-maconha, High Times, em 1993, e colaborando ainda em várias outras edições.

Um consumidor sincero, Redman fez da Maconha seu estilo de vida. Ao longo dos anos lançou várias músicas sobre o tema, linha de roupas, trilhas para filmes como How High (Dois Doidões em Havard) e, em parceria com Method Man, levou para o público o BlazeNow, um app desenvolvido especialmente para localizar ervas.

Recentemente, Redman, participou do Cannaramic , uma cúpula on-line que contou com mais de 25 especialistas em cannabis, incluindo o Dr. Raphael Mechoulam, David C. Holland da NORML, os ex-jogadores da NHL Ryan VandenBussche e Riley Cote, o veterano da marinha José Belén, o lutador Frank “The Legend” Shamrock, o investidor Jeff Siegel e o chef Dee Russell. Na cúpula Redman compartilhou sua visão sobre a maconha desde a legalização a como lidar sobre o assunto com seus filhos.

Redman e Method Man terão sua própria marca de maconha

Durante a live Redman revelou que uniu-se novamente ao rapper Method Man para desenvolver sua própria marca de cannabis.

Em um ponto da conversa, Langhorne, da Cannaramic, perguntou sobre o endosso de celebridades aos produtos derivados da cannabis, o rapper respondeu que o mais importante é possuir sua própria marca, em vez de simplesmente emprestar seu nome a outra pessoa por uma quantia.

“Eu não quero ajudar a marca de outra pessoa e não ter participação acionária ou de propriedade nessa empresa”, disse ele. “É por isso que você nunca viu um vaper do Redman e Method, nem seda, nem nada. Queremos estar no controle. Eu, Snoop Dogg, B-Real e o Method Man temos um passado comum em relação a isso. Então, por que não ganhar dinheiro com isso da maneira certa?”, falou Red Man.

Referindo-se também ao uso medicinal da Cannabis, Red Man disse que seu objetivo principal com a marca de maconha que está em desenvolvimento não é apenas o lucro, mas também ajudar as pessoas:

Eu quero ser capaz de ajudar as pessoas… Definitivamente quero ajudar os jovens, pessoas que não podem pagar por remédios. É tudo sobre ajudar. Quero ajudar pacientes com AIDS. Quero ajudar pessoas com distúrbios no estômago. Se você tem doença do sono, quero ajudá-lo.

Com informações da Forbes.