Saiu no canal “Favela Cria” a música “Cai Babylon” trazendo um time de respeito. Rimando em um beat do El Lif, a música veio com ninguém menos que Rod 3030, DK 47, Luccas Carlos e L7NNON. O som dispensa comentários, pois como era de se esperar veio com o peso de versos cirúrgicos.

Mas, o que chamou bastante atenção foi um verso do rapper L7NNON que diz:

“Já falei minha postura não é marra,
Fui sequestrado por duas horas seu conto história
ele estoura minha cara
Perguntou o que que eu faço, eu falei Rap
Falaram canta uma letra tua, eu falei escuta
Cantei o começo dessa os caras me pediram desculpa”.

L7NNON explicou o verso no comentário do vídeo e o contexto torna não só sua parte, mas a música toda ainda mais pesada e verdadeira:

Na madrugada do dia 22/12/2018 eu Lennon fui sequestrado na barra da tijuca, Estava de carro, fui abordado por um outro carro e saíram 3 homens armados, me puseram no banco de trás e me levaram p um bairro que até então não sabia onde estava(precisava ficar de cabeça baixa), Pararam em um local e um dos rapazes saiu do carro p realizar saques com meu cartão em um outro carro que havia chegado no local onde os 3 rapazes pararam comigo, Fiquei eu e 2 rapazes esperando o rapaz voltar, e quando voltou ele abriu a porta do carro alegando que eu havia dado a senha errada do cartão, eu disse que talvez ele tivesse colocado o número errado de dígitos, E ele olhou p mim com a arma apontada e falou: – se eu for la pela segunda vez e não passar eu vou voltar aqui e estourar tua cabeça! Eu não tinha muito o que fazer ou falar, então o rapaz foi pela segunda vez, Nisso ficaram novamente 2 no carro comigo, E um deles perguntou o que eu fazia da vida, Disse que fazia musica(Rap), E ele disse p eu cantar uma musica minha, Então cantei Meu verso da música “CAI BABYLON”, que terminava em : – “Senhor abençoe meu povo e que não morra mais nenhum inocente”. Ouvindo o verso um dos rapazes falou p mim: “Tu é um mlk de Deus né?! Essa sua musica é p pessoas como a gente né? Te peço até desculpa por você estar passando por isso, mas infelizmente a gente não escolhe quem vai abordar”! Ficamos conversando por um tempo, logo depois o terceiro rapaz voltou, entrou no carro, ja tinha conseguido fazer o que queria com meu cartão, então me liberaram após 2h do momento inicial que me abordaram! Levaram o carro, celular, carteira, cordões, e me deram 20 reais p ir embora! Alguns dias depois eu resolvi acrescentar mais umas linhas ao som, e o resultado foi esse, espero que tenham curtido a música, e reforçando que o verso é 100% verídico!

“ACREDITO NO PODER DA PALAVRA” Ass, L7NNON

Diante disso só nos resta o verso do refrão:

“Pergunta se eu to pelo amor à cultura
Pergunta se eu acho que o Rap é a cura
Por isso eu repito força no grito de CAI BABYLON!”.