Babu, Papatinho e L7nnon

Papatinho convida L7nnon e Babu Santana para o novo single “Morrão”

O produtor e beatmaker Papatinho, lançou novo trap-funk: “Morrão”, um feat. com L7NNON e Babu Santana

O co-fundador da ConeCrew Diretoria e também responsável pelo hit “Onda Diferente”, com mais de 172 milhões de plays nas plataformas digitais e vídeo, e pelo EP “Rio”, com mais de 109 milhões de streams e certificado ouro, lança, na sexta-feira, dia 12 de junho, em todas as plataformas digitais, o mais novo single, que promete ser sucesso.

“Morrão”, é uma crônica da vida cotidiana e fala muito sobre a vibe que existe no Vidigal. “Gata vem dançar comigo nesse som” é o convite que Babu canta antes de entrar o rap apurado de L7NNON, rapper carioca que desponta desde o ano passado em playlists de streaming e palcos de todo o Brasil. L7NNON descreve a cena escolhendo as rimas a dedo.

A música foi gravada na Papatunes Records, estúdio de Papatinho, localizado no bairro Recreio, no Rio de Janeiro, em sessão exclusiva apenas com a presença de Babu, em dias separados de L7NNON, por questões de proteção e respeitando as medidas preventivas contra o Coronavírus. A faixa foi criada na semana em que Babu saiu do BBB 20 (TV Globo).

Confira o clipe “Morrão”:

O clipe, gravado no morro do Vidigal, Rio de Janeiro, além de levar em consideração todas as medidas de proteção indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e cuidar para que todas diretrizes de prevenção fossem seguidas à risca, a gravação teve equipe reduzida e extremamente controlada. Máscaras de proteção da Papatunes Records foram distribuídas para todos todos os envolvidos e apenas quatro pessoas estiveram na produção, com filmagens controlados, resguardando as imagens insubstituíveis do “Morrão” – melhor vista do Rio de Janeiro, onde Babu Santana passou grande parte da vida. Inclusive, foi lá também, no grupo de teatro Nós do Morro, em que o cantor começou a dar os primeiros passos em direção à arte, vindo, mais tarde, a protagonizar “Tim Maia – O Filme”, no qual canta e atua, interpretando um dos maiores nomes do cenário da música nacional. Hoje, tem sua própria banda: Babu Santana e os Cabeças de Água Viva.

Com imagens aéreas da favela do Vidigal, e com sol escaldante mostrando o cenário real das ruas da comunidade; com fios embolados, crianças, e muita pipa tudo começa quando Babu, ao apertar o botão de um boombox vintage começa a cantar o “refrão-convite”. E a voz revela Papatinho, acompanhado da pad MPC na mão, cruzando becos e casas enquanto L7NNON surge em outra laje, tomando um açaí, e sentando ao lado dela, a musa da comunidade, enquanto riem e conversam.

Morrão - Babu Santana

Entre um rolé de mototaxi (pitoresco na comunidade) e um visual estonteante da musa vestindo com biquíni exclusivo da Papatunes Records (que em breve estará à venda), a história se desenrola com a participação especial de Jonathan Azevedo, cria do bairro.

O curta foi dirigido por Rafael Carmo, da CARMovies, e produzido em parceria com Papatunes Records. A estreia está prevista também para o dia 12 de junho, no canal da Papatunes no YouTube, mostrando o encontro dessas três gerações, que se admiram mutuamente.

Papatinho não para. Além de fazer muitos beats e divulgar pro público colaborações de ponta. Nesta quarentena, o lado empreendedor do artista está a todo vapor. Incluindo os já mencionados biquíni e máscara, exclusivos Papatunes Records, no segundo semestre, o artista apresentará uma linha completa de produtos da marca mais querida do rap.