O Seminário Ceilândia Nacional de Literatura Periférica, será um salve ao hip hop, como transformação cultural e social. Com atrações nacionais e locais, o evento chama a atenção para a cultura periférica como um todo.

Seja através da música, da literatura, da estética, da dança ou do resgate social. O Hip Hop é um fomentador de vidas, que engaja e empodera através da arte. Este é o intuito do projeto Elemento5 -Hip Hop visto por dentro, levar para a comunidade a ideia de que todos podem aprender e se profissionalizar dentro da cultura hip-hop.

No Elemento5, edição Hip Hop Visto por dentro, já foram feitas oficinas em escolas de Ceilândia, em 2018, oficinas de Dj, Discotecagem e Percussão na sede da associação Vila dos Sonhos, também em Ceilândia. Após a realização do Seminário Ceilândia Nacional de Literatura Periférica, no dia 12, será feito ainda, o Sarau Nacional e novas turmas para as oficinas com início das aulas no dia 23/04.

Para o Seminário Ceilândia Nacional de Literatura Periférica, haverá a palestra de Eduardo Taddeo, (ex – Facção Central); a Parada Poética de Renan (Inquérito); o rap ceilandense de Família PR15; a rapper Realleza que vem fazendo barulho na cena; Patrícia Sander e Ravier Hernandez. Como mestre de cerimônia, Japão do Viela 17. E ainda, lançamento do Vídeo clipe “Sonhando Acordado” do Sobreviventes de Rua e discotecagem dos Djs Black e Nem, arte educadores do Projeto Elemento5.

Serviço:

Data: 12/04/19- 17h às 22h.

Teatro: SESC – Ceilândia – QNN 27, Área Especial S/N, Ceilândia Norte, Brasília.

Entrada Franca, sujeito à lotação!