Ranking da ostentação dos videoclipes de Rap

O Rap é um discurso rítmico com rimas e poesias, que surgiu no final do século XX entre as comunidades Afro nos Estados Unidos. É um dos cinco pilares fundamentais da cultura hip hop, de modo que se chame metonimicamente (e de forma imprecisa) hip hop.

O Ritmo e Poesia se espalhou pelo mundo e agora gira uma quantidade absurda de dinheiro e fama. A ostentação e o “Money” hoje é bem visto pelo público.

O mercado do áudio visual se desenvolveu e os clipes dos rappers também, os projetos estão cada vez mais avançados e bem elaborados pelos produtores.

Você já pensou quanto o 50 Cent paga em seus colares e relógios, ou a rapper Cardi B em roupas de grife? Ou qual o valor que seu ídolo desembolsa para curtir em uma mansão com piscina, carros de luxo e etc?

Aquele gênero musical marginalizado e característico das regiões mais pobres formou milionários, ganhou a indústria mundial e agora o dinheiro jorra em cifras gigantescas gerando um novo mercado de muita grana e o luxo.

Para mostrar o alto número de grana que roda pelo mercado do Rap, a Billbord preparou um ranking com os artistas que mais “ostentaram” em seus videoclipes. Com a análise feita pela equipe do site de apostas Betway Cassino o infográfico mostra o “Top 10 dos Clipes mais ostentação do Rap Mundial”. Confira se seu ídolo está na lista logo abaixo:

O Ranking da Ostentação – Edição Rap:

 

A pesquisa desenvolvida pelo time de conteúdo da Betway Cassino estima o valor de 40 vídeos de rap do Top 100 da Billboard, baseados em roupas, joias, imóveis e valor de produção, para revelar qual rapper é o que gasta mais na indústria da música.

Veja na imagem os detalhes da ostentação dos 3 primeiros colocados:

O topo da lista pertence ao trapper de Nova Orleans, Lil Wayne, que desembolsou 63.460.600 dólares na estourada “Lollipop”. E apesar de o Trap ter sua estética visual baseada na ostentação, o segundo lugar ficou com um rapper da Velha Guarda, 50 Cent gastou os impressionantes R$ 37.578.600 em “Candy Shop”. E o mesmo 50 Cent aparece ainda na 4ª posição com o clipe da clássica “PIMP” que não saiu por menos de R$ 27.432.000! Eu imaginava que aquele chapéu branco com plumas rosas do Snoop Dogg devia ter custado um olho da cara, mas que loja de doces cara hein?

Entre os presentes também está Drake que apesar de ter gastado R$ 9.619.200 no clipe “In My Fellings”, distribuiu durante o clipe da música “God’s Plan” cerca de 996 mil dólares para as pessoas nas ruas, portanto, nem só de esbanjamento gratuito vive o Rap.

Não podemos deixar de falar ainda da segunda colocação que pertence ao clipe “A Lot” do 21 Savage que ficou por R$ 34.480.800.
Assim Lil Wayne, 50 Cent e 21 Savage formam a tríade da ostentação audiovisual do Rap e mostra o motivo pelo esse gênero tornou-se uma das industrias mais rentáveis da música mundial.