Cidade vai muito além dos cassinos e inova para atrair ainda mais turistas

Las Vegas é um dos destinos turísticos mais populares do mundo e o segundo destino internacional mais popular entre os brasileiros, perdendo apenas para Orlando. O turismo está no DNA da “cidade do pecado”.

Um dos principais motivos para isso são os luxuosos resorts-cassino, que hospedam em média 40 milhões de turistas por ano.

Apesar do jogo ser fonte fundamental da diversão da cidade, desde os anos 40, quando a atividade foi legalizada nos Estados Unidos, Las Vegas vive se reinventando. A cidade, do estado de Nevada é um grande exemplo para o Brasil. Afinal, nosso país possui um gigantesco potencial para o turismo e também está prestes a legalizar o jogo.

Comparativo: Brasil x Las Vegas

O Brasil possui belezas naturais incomparáveis. A cidade do Rio de Janeiro é reconhecida em todo mundo como uma das mais belas. No entanto, perdemos feio para a cidade de Las Vegas, o lar das casas de cassino. Em 2016, quando a Olimpíada do Rio impulsionou o turismo estrangeiro no Brasil, o país recebeu cerca de 6,6 milhões de turistas.

Vale lembrar que muitos outros destinos do país recebem turistas, como a serra gaúcha, as praias do nordeste, o litoral catarinense, Ouro Preto, Foz do Iguaçu, o pantanal e muitos outros.

O projeto de legalização do jogo atualmente discutido pelos políticos brasileiros define que as casas de cassino deverão estar anexadas a grandes resorts. Sem dúvida essa é uma ótima forma de ampliar o turismo no país, sem falar em investimentos em aeroportos internacionais e segurança.

Las Vegas: jogos de cassino, e muito mais

Em 2015, Las Vegas alcançou um número recorde de visitas: mais de 42 milhões de pessoas estiveram na cidade do pecado naquele ano. Número sete vezes superior ao recebido pelo Brasil (todo o país) no mesmo ano. Mas um fato interessante deve ser dito sobre a cidade americana: enquanto 60% das pessoas gastavam seu dinheiro nos jogos de cassino nos anos 1990, atualmente apenas 35% vão a cidade americana com o intuito de jogar.

Os jogos estão menos populares? Não é nada disso. Os Estados Unidos é o país do entretenimento, e está em constante renovação para seguir líder mundial do segmento. É por isso que inovação é a palavra do momento. A cidade e seus empreendedores têm criado novos fontes de entretenimento (e renda) todos os anos.

O investimento na cidade

Las Vegas não costumava ser uma cidade para atividades a céu aberto. Aquele estilo de turismo muito comum na Europa, realizado caminhando pela cidade ou andando de bicicleta, não costumava acontecer. A cidade possui largas e movimentadas avenidas. Mas aos poucos essa realidade tem mudado.

Quando se pensa em inovação em Las Vegas, é possível pensar em um cassino online, ou algo do tipo. Mas o SpeedVegas é uma atração muito diferente: imagine dirigir uma Ferrari, uma Lamborghini ou até mesmo um Corvette a mais de 300 Km/h?

A atração custa a partir de US$ 99, conforme a escolha do tamanho do trajeto e o carro escolhido. O SpeedVegas acontece em meio ao deserto do estado de Nevada.

A famosa Freemont Street

Para um passeio agradável no coração de Las Vegas, uma boa pedida é a Rua Freemont. Ela está localizada exatamente onde a cidade nasceu e onde foram instaladas as primeiras casas de jogo e jogos de cassino online. A rua é coberta por um enorme painel de LED, onde um show de imagens é exibido. Há apresentações artísticas e se você tiver coragem, pode até se deslocar pela rua através de uma tirolesa.

É um bom exemplo para o Brasil?

Os jogos de cassino foram proibidos no Brasil no início dos anos 40. Curiosamente esse foi o mesmo período em que as casas de jogo começaram a ser instaladas em Las Vegas. Em nosso país, a opção é jogar em um cassino online. Os sites de cassino online estão hospedados no exterior, em países onde o jogo é regulamentado.

Atentos a isso, correntes de políticos brasileiros buscam legalizar a atividade no país, com o intuito de arrecadar com impostos e taxas. Las Vegas e seus resorts sem dúvida é um exemplo a ser seguido.

Estima-se que a atividade de cassino online gire cerca de R$ 2 bilhões todos anos no Brasil. No entanto, não há ainda nenhum cassino online brasileiro ou que seja taxado por sua atuação.