Com recorde de inscrições, 16º Mês do Hip Hop tem cerca de 900 atividades em mais de 100 pontos de todas as regiões da cidade, até o mês de maio

Dentre os destaques, estão a abertura no Theatro Municipal, nesta terça-feira (03/03); o show especial do Dia Internacional da Mulher, dia 8 de março, em Cidade Tiradentes; e apresentações de Thaíde, Flora Matos e Edi Rock.

Um dos destaques do calendário integrado público e privado da São Paulo Capital da Cultura, programa da Secretaria Municipal de Cultura, o 16º Mês do Hip Hop promove a visibilidade e a valorização do movimento Hip Hop e de sua conexão com a cidade de São Paulo. Com abertura emblemática no dia 03 de março, realizada no Theatro Municipal, o evento traz cerca de 900 atividades em mais de 100 pontos de toda a cidade.

Englobando a data de 21 de março, Dia Internacional de Luta contra o Racismo, o Mês do Hip Hop foi originalmente idealizado para ocorrer em uma semana, como dispõe a lei de sua criação. No entanto, a ampla participação de artistas e a própria importância do evento no cenário sociocultural da cidade ampliaram essa iniciativa para um mês inteiro de atividades, que, neste ano, devido ao recorde de artistas inscritos, estende-se até o mês de maio, com uma programação gratuita e descentralizada.

A abertura ocorre dia 03 de março, no Theatro Municipal de São Paulo, com shows de Gabi Nyarai e Laysa. Em seguida, a Beat Brasilis Orquestra convida os artistas Tássia Reis, Stefanie MC e Rincon Sapiência, e a crew de dança Discípulos do Ritmo faz uma apresentação. O espetáculo faz parte do projeto Novos Modernistas, que marca a reconexão do Municipal e de seu anexo, a Praça das Artes, com o caráter multicultural da cidade de São Paulo, já expresso na Semana de 1922. Aproximando o centro da periferia e a periferia do centro, o projeto leva as principais e mais inovadoras manifestações artísticas da atualidade para dentro do Theatro, que em 2019 já foi palco de uma apresentação histórica do rapper Emicida durante o Mês da Consciência Negra. O Hip Hop integra o projeto, pois permite que a periferia tenha voz e protagonismo, ultrapassando barreiras geográficas, sociais e ideológicas.

O protagonismo feminino, marcante no movimento, é destaque também na programação. Em 08 de março, Dia Internacional da Mulher, a Casa de Cultura Hip Hop Leste traz diversas apresentações de artistas, como Flora Matos e o trio Odisseia das Flores. No dia 15, Dina Di, primeira mulher que alcançou sucesso no rap brasileiro, é homenageada no Centro Cultural da Juventude – no dia 21, a rapper ganha outro tributo, desta vez na Casa de Cultura Hip Hop Sul.

Os Quatro Elementos:

A programação inclui todos os quatro elementos que formam a base da cultura Hip Hop: na música, o Rap, com DJs e MCs; na dança, o Break, com os b.boys e b.girls; e nas artes visuais, o Graffiti.

Dentre os destaques de música, no universo do rap, estão os shows de Rincon Sapiência, dia 21, no Centro de Culturas Negras do Jabaquara; Flora Matos, na Casa de Cultura Vila Guilherme, dia 28; e Edi Rock, dia 28, na Casa de Cultura do Butantã.

Com o elemento do DJ, está a inédita discotecagem do rapper Thaíde, no Centro Cultural Olido, dia 13. O mesmo espaço, que desde 2019 tem se dedicado à arte urbana, Nelson Triunfo e Crew promovem, no dia 27, um baile de Hip Hop Old School, com sucessos dos anos 1970 e 1980, apresentação que integra o projeto Happy Hour Olido.

Falando em dança, Nelson Triunfo, uma das maiores referências do break no Brasil, também participa de um bate-papo na Biblioteca Mário de Andrade, no dia 17. Além disso, dançarinos de rua de toda a cidade se encontram no Largo São Bento, berço do Hip hop brasileiro, dia 28; e, ao longo de todo o mês, dez bibliotecas recebem as b.girls do projeto B.Girls Plurais – Movimento Arte Plural Perus.

Já o Graffiti, além de inúmeras oficinas e apresentações nos equipamentos da Prefeitura, o destaque ocorre no Centro Cultural Vila Itororó, onde será produzida uma obra inédita do angolano Paulo Chavonga, no dia 05. Vale ressaltar que o Museu de Arte de Rua (MAR), projeto da Secretaria Municipal de Cultura, já inaugurou um graffiti do artista Binho Ribeiro, no Largo São Bento, considerado o berço do Hip Hop nacional.

O Mês do Hip Hop também marca presença no Circuito Spcine, com exibições gratuitas, em diversas salas da Prefeitura, de dois filmes inéditos: Nóis por Nóis, de Aly Muritiba e Jandir Santin, e Arte na Cidade, de Onofre Bonesso Jr.

As atividades realizadas na região central integram as ações de promoção do Triâgulo SP, organizadas pela Secretaria Municipal de Turismo. Formado pelo perímetro que compreende o Largo São Bento, Páteo do Collegio e Largo São Francisco, o Triângulo SP é um recorte especial do Centro Histórico Paulistano.

Confira os destaques da programação:

abertura do 16º mês do hip hop: municipal

Apresentações: Gabi Nyarai, Laysa, Beat Brasilis Orquestra convida Stefanie MC, Tassia Reis e Rincon Sapiência; e dança da crew Discípulos do Ritmo. O show integra o projeto Novos Modernistas, do Municipal.

| Theatro Municipal de São Paulo

| Dia 03/03, às 20h

| Grátis (retirar ingresso a partir das 18h; o teatro abre às 19h15)

B.girls em bibliotecas

Belô e Deise (projeto B.Girls Plurais) levam seus passos de break a dez bibliotecas: Dia 04/03, às 15h, Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet; Dia 05/03, às 16h, Paulo Duarte; Dia 07/03, às 14h, Álvaro Guerra; Dia 11/03, às 10h, Adelpha Figueiredo; Dia 12/03, às 14h, Jamil Almansur Haddad; Dia 14/03, às 11h, Sylvia Orthof; Dia 18/03, às 14h, Menotti Del Picchia; Dia 19/03, às 10h30, Raul Bopp; Dia 21/03, às 14h, Mário Schenberg; Dia 26/03, às 10h, Biblioteca Milton Santos.

| De 04 a 26/03 (diversos horários)

| Grátis

Hip hop: largos são bento e são francisco

Apresentações: DJ Duck Jam, DJ Rebeka Jonn’z, Sumaki, Du Efex, AMARGEM, OZ Guarani, Lunna Rabetti, Max B.O, Realidade Cruel, Afrika Queens, Percubeat, DescolonizaSom e outros.

| Largos São Bento e São Francisco

| De 04 a 14/03, das 12h às 14h, das 17h às 19h

| Grátis

Graffiti: vila itororó

O grafiteiro angolano Paulo Chavonga tem obras expostas em diversos países, e realiza um graffiti especialmente concebido para o Centro Cultural Vila Itororó.

| Centro Cultural Vila Itororó

| Dia 05/03, às 18h

| Grátis

Mulheres do hip hop: c.c. hip hop leste

Apresentações: às 14h, Sarau Mulheriu Clã; às 15h, ROSE MC e Rubia RPW 30 anos; às 16h, Sharylaine; às 18h, Karol de Souza, às 19h, Kmila CDD (Cidade de Deus); às 20h, Lauren Priscila; às 21h, Flora Matos; e às 22h, Odisseia das Flores.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste

| Dia 08/03, das 14h às 23h

| Grátis

Thaíde: c.c. olido

Apresentação de Thaíde, um dos pioneiros e mais completos artistas do hip hop nacional, que começou nos anos 1980 como b.boy.

| Centro Cultural Olido – Vitrine da Dança

| Dia 13/03, às 19h30

| Grátis

Psicopretas: c.c. são rafael

Criado pela cantora e compositora Sistah Chilli, o projeto dá voz às rappers negras.

| Casa de Cultura de São Rafael

| Dia 14/03, às 19h

| Grátis

Especial Dina Di: ccj

Homenagem à primeira mulher que alcançou sucesso no rap brasileiro. Apresentações: DJs Simmone Lasdenas e Tati Laser; intervenções dos grafiteiros Gabriela Bruce, Chermie e Patricia Rizka; b.girl Potira (Deise Calaf); Batalha de Rimas Dominação; rappers Natt Maat, Rosa Luz, Zaiiah, Brisa Flow, Priscila Feniks, Marcia Rimação, Odisseia das Flores, Lunna Rabetti, D’Origem e Rap Pluz Size (RPS).

| Centro Cultual da Juventude

| Dia 15/03, às 18h30

| Grátis

Nelson Triunfo: bma

Bate-papo com o dançarino pernambucano Nelson Triunfo, uma das maiores referências da dança de rua no Brasil.

| Biblioteca Mário de Andrade

| Dia 17/03, às 19h

| Grátis

Hip hop no coreto da bolsa

Local tradicional para apresentações de choro e samba, o Coreto da Bolsa recebe, em março, artistas do hip hop.

| Coreto da Bolsa

| Dias 19 e 26/3, das 18h às 21h

| Grátis

1º tributo a Dina Di: c.c. hip hop sul

“Rainha, guerreira, mulher”: homenagem a Dina Di, considerada a primeira rapper feminina a alcançar sucesso no Brasil. Apresentações: Lauren, MCs Lakers (Código Fatal), Sandrão (RZO), Tribunal MCs, Função RHK, Tio Fresh, Consciência Humana, Brigada Sul, Du Conceito, Mano Mari, Hugo Brek, Dinho Do Gueto; DJs Simone Lasdenas, C.A, Da Goma SP e Siqueira; o break do IDM Crew, Detroit Breaking e convidados; e a arte do Graffiti Queens (Chermei). Apresentadoras: Mikaela Saymom e Rúbia (RPW).

| Casa de Cultura Hip Hop Sul

| Dia 21/03, das 13h às 21h

| Grátis

Batalha Grajaú rap city: c.c. grajaú

Criada em 2017 no bairro do Grajaú, esta batalha de rimas tornou-se uma das maiores do Brasil, atraindo público superior a 3 mil pessoas.

| Centro Cultural do Grajaú

| Dias 21 e 28/03, das 14h às 22h

| Grátis

Detentos do Rap + Filosofia de Rua + Ndee Naldinho: c.c. tremembé

Apresentações: Detentos do Rap, grupo surgido no extinto presídio do Carandiru, em São Paulo, formado por Daniel Sancy, Maurício DTS e DJ Colina; MC Ndee Naldinho e grupo Filosofia de Rua.

| Casa de Cultura do Tremembé

| Dia 21/03, das 15h às 18h

| Grátis (não é necessário retirar ingresso)

Brisa Flow: c.c. campo limpo

A MC de ascendência chilena leva sua “voz da ancestralidade indígena” ao Mês do Hip Hop.

| Casa de Cultura de Campo Limpo

| Dia 21/03, às 17h

| Grátis

GOG convida Tio Evans: c.c. são mateus e itaim paulista

GOG mescla beats eletrônicos com contemporâneos. Nesta apresentação, recebe o beatmaker de trap, Tio Evans, da zona leste.

| Casa de Cultura de São Mateus

| Dia 21/03, às 18h

| Casa de Cultura de Itaim Paulista

| Dia 22/03, às 19h

| Grátis

Rincon Sapiência: c.c. de culturas negras

Apresentação do rapper que tem mais de 20 anos de estrada.

| Centro de Culturas Negras do Jabaquara

| Dia 21/03, às 19h

| Grátis

Amiri + Lil Raff: c.c. parelheiros

Apresentações de Lil Raff (Raffa Moreira), um dos pioneiros do trap no Brasil e de Amiri.

| Casa de Cultura de Parelheiros

| Dia 21/03, às 20h

| Grátis

Prêmio Sabotage: câmara municipal

Prêmio para artistas que se destacam no cenário do hip hop na cidade.

| Câmara Municipal de São Paulo

| Dia 23/03, às 19h

| Grátis

Flora Matos: c.c. vila guilherme

Flora Matos canta faixas de seu álbum “Eletrocardiograma”.

| Casa de Cultura de Vila Guilherme – Casarão

| Dia 28/03, às 20h

| Grátis

Mc Marechal: c.c. hip hop leste e perus

Apresentação de MC Marechal, considerado um dos pioneiros no estilo freestyle.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste

| Dia 28/03, às 21h

| Casa de Cultura Hip Hop de Perus

| Dia 29/03, às 21h

| Grátis

Hostepper sisterhood: c.c. raul seixas

Apresentação da academia de dança urbana, cuja se se encontra na Dinamarca.

| Casa de Cultura Raul Seixas

| Dia 29/03, às 16h

| Grátis

São Bento: berço do hip hop

Berço do hip hop em São Paulo, o entorno da estação São Bento do metrô recebe, mensalmente, no último sábado do mês, artistas de break, graffiti, MCs e muita discotecagem.

| Largo São Bento. Dia 28/03, diversos horários

| Grátis

Centro Cultural Olido: Destaques

 

Happy Hour Tiago Frugoli Trio feat Lurdez da Luz e Sono

Sexta-feira, 6 de março⋅18:00 até 21:00

Sabadão Olido com Coletivo Bandida

Domingo, 8 de março⋅16:00 até 21:00

Celebração Dia Internacional do DJ (Sindicato dos DJs)

Segunda-feira, 9 de março, 18h às 21h

Live Olido Brisa Flow + VJ Tupicayna

Quinta-feira, 12 de março⋅20:00 até 21:00

Sabadão Olido com Super Punch Sessions

Sábado, 14 de março⋅16:00 até 21