Quarteto disparou rimas certeiras e quebrou paradigmas em Lady Wu-Tang, nova música das capixabas

Muito ouro, dinheiro e luxo. Todos esses adjetivos podem facilmente ser confundidos com ostentação e riqueza, mas no novo single do grupo de rap capixaba feminino Melanina MC’s, Lady Wu-Tang,  as palavras ganham novos significados: o de luta e conquista, afinal, quem disse que as pretas não podem estar no topo? A música, lançada no dia 20, Dia da Consciência Negra, vem para quebrar esses e outros paradigmas e conta com clipe, disponível no Youtube.

Produzido pelo selo Setor Proibido, a música fala sobre as conquistas das integrantes, mulheres negras, independentes e que batalharam bastante para agora poderem usufruir.

“Nos inspiramos em fatos vividos por cada uma das MCs e em todo o trabalho que fazem como grupo, como se todo o luxo fosse reflexo de seu suor e tudo que fizeram para que merecessem”, conta o Melanina.

A inspiração para a música, no entanto, vem também do atual momento político do país, no qual as integrantes são consideradas minorias e por consequência têm menos acesso a itens comuns a qualquer cidadão, como saúde e educação. Além disso, as vivências pessoais do quarteto também serviram de referência para o som.

Veja: