Veja como foi o encontro desses nomes-chaves da cena de grime, novo gênero que mistura rap e funk com batidas aceleradas

A nova cena de grime (mistura de rap e punk com batidas que lembram o funk) ainda é um pouco desconhecida no Brasil, mas MCs cariocas como Fleezus e Febem, que colecionam milhares de visualizações online, lideram esse novo movimento por aqui e mostram que o estilo tem muita força para bombar.

A dupla esteve pela primeira vez em Londres, na Inglaterra, onde o estilo tem suas raízes e se difundiu na cena underground, e passou pelo Red Bull Music Studios Londres com seu produtor, Cesrv, para gravar uma cypher com Eyez, Yizzy e Jevon, MC descendente de brasileiros. A sessão foi  totalmente registrada e pode ser vista aqui.

“Queremos viajar para fora para nos apresentar, porque no Brasil o mercado não é tão grande para a música que fazemos”, explica Cesrv, que acaba de lançar o EP “BRIME!”, em colaboração com os MCs Fleezus e Febem. O projeto nasceu como trilha sonora do documentário filmado em Londres “Say Nuttin’” – que mostra a cena underground do skate e da música na cidade –, mas ganhou vida própria após o lançamento do videoclipe da música “Raddim”, primeira faixa do EP. “O ‘BRIME!’ surgiu em um processo quase orgânico, tendo em vista que o funk e o grime, seus elementos principais, fazem parte da nossa vida”, diz Fleezus.

A migração do som britânico para o Brasil se deu, obviamente, pela internet. Por aqui, o grime ganhou uma identidade própria ao incorporar elementos do funk, além de eskibeat, garage, bassline, drill e trap.

Link direto para ver a cypher:
https://win.gs/2xTusGF