Canção faz uma observação poética, crítica e sutil sobre a maneira confusa que nossa comunicação acontece através dos meios digitais

A cantora Marietta acaba de lançar, em todos os aplicativos de música, a inédita e questionadora “Analógica”. Em uma atmosfera soturna, densa e aérea, faixa é embalada por uma sonoridade extremamente digital e minimalista, numa concepção de áudio 5D, contrastando com o sentimento presente na voz.

“Nessa composição, observo – de um jeito poético, crítico e sutil – a maneira confusa que nossa comunicação acontece através dos meios digitais. Falo sobre aquele tal risco que todos corremos de que nossas relações se percam ou fiquem somente “na nuvem”. Reflito sobre projeção, expectativa e realidade”, explica a artista.

Para acompanhar essa estreia, um videoclipe assinado por Fernanda Calil é inspirado nas redes sociais, roteiros de cinema, fragmentos, recortes, símbolos e momentos casuais que, entre cenas e representações tão automáticas, se opõem e às vezes aumentam a solidão e a falta de conexão. “Existe uma personagem que se sente inadequada nessa nova linguagem. Ela lamenta cantando do alto de um prédio, no meio de uma grande cidade, mesmo não sabendo se será ouvida. E não parece ser a única “Analógica”, porque outros também demonstram ainda estar nesta mesma transição. O clipe termina no “ar”, assim como muitos de nossos diálogos atuais”.

[Ouça e assista aqui]