Faixa é homenagem aos bailes de antigamente e une Filipe Ret, Mc Pocahontas, Maquiny, Don Cesão, Yannick, Gutierrez, Akira Presidente & Orochi

Um dos principais produtores e beatmakers da cena hip-hop do Brasil, MãoLee convidou vários artistas para “Tchotchomary”, uma faixa sensual que marcou seu disco de estreia “Bendito”.

A canção une rap, trap e funk carioca em uma música com Filipe Ret, Mc Pocahontas, Maquiny, Don Cesão, Yannick, Gutierrez, Akira Presidente e Orochi.

O clipe, dirigido por Mateus Cardoso, está disponível no YouTube.

“Essa faixa é uma referência ao funk rasteiro, do Miami Bass, da origem do funk carioca. Tem uma referência de um club americano. O nome vem do pessoal pedindo para tocar aquelas músicas gringas, mas sem saber repetir. Aí falavam ‘toca o Tchotchomary’. Eu sempre associo esse nome diretamente ao funk e sua sensualidade”, conta MãoLee.

Essa mistura marca “Bendito”, disco de estreia e uma amostra da abrangência do trabalho do artista dentro de uma linguagem tipicamente urbana e carioca. O álbum já está disponível em todas as plataformas de música digital e acumula mais de 12 milhões de audições em suas faixas no YouTube. Só esse single tem 200 mil visualizações e surpreende por trazer artistas tão variados para o mesmo clima de baile carioca das antigas.

“Pensei em chamar as pessoas que se identificariam. A Pocahontas é uma referência do funk, com uma voz muito sensual e fomos direto nela. Muito especial contar com ela na faixa. O Cesão é uma referência em São Paulo e muito livre no modo como ele fala. Buscamos essa liberdade com muita verdade”, explica ele.

“Bendito” conta com quase 30 participações especiais no total, com nomes como Black Alien, Ogi, BK, Djonga, Sain e até o pagodeiro e hitmaker Ferrugem. O disco está disponível em todas as plataformas digitais através da Tudubom Records.

Veja: