Maneco e Bender retornam a cena de 2019 com o primeiro EP da dupla intitulado “Autoral é Meu Pau”

A inspiração do novo trabalho veio através do verso da música “Certidão de Óbito”, canção pertencente ao extinto grupo Um Barril de Rap que diz: autoral é meu pau, sou um escritório de advocacia.

Fãs declarados do UBR, Maneco e Bender, assim como milhares de ouvintes do Brasil, se sentem órfãos com o término prematuro do grupo. Por isso enxergaram no desenvolvimento do EP uma forma de homenagear e reviver a nostalgia dos tempos em que o Um Barril de Rap esteve na ativa.

“Autoral é Meu Pau” tem impressa a marca registrada da dupla que mistura humor com sátira e com um detalhe muito interessante na parte criativa do EP – eles fizeram as músicas com as bases/instrumentais que o Froid vendia na internet antes de se tornar um ícone do Rap Nacional. Essa foi uma forma que Maneco e Bender encontraram para garantir aquela atmosfera musical dos tempos de Um Barril de Rap.

Gravado, mixado e dirigido por AfroRagga no Rude Bass Studio, “Autoral é Meu Pau” é uma homenagem a toda arte desenvolvida por Froid, Yank e Sampa, um deleite para os fãs fieis do Um Barril de Rap fusionado com a criatividade musical escrachada de Maneco e Bender e uma inusitada participação do “Froid Gordo” (faixa 2), no disco.

Confira “Autoral é Meu Pau”: