Com abertura no Dia da Consciência Negra, festival acontece em duas datas: 20 de novembro e 8 de dezembro; Com MC Thaíde e MC Soffia, encontro aborda história, diversidade e economia criativa

A cultura Hip-Hop sobe ao palco do Teatro Sérgio Cardoso, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. O Hip-Hop SP 2019: História, Diversidade & Economia Criativa, festival voltado ao movimento musical urbano vai reunir artistas, ativistas, grupos e coletivos da capital, interior e litoral do Estado de São Paulo para apresentações, batalhas musicais, trocas de experiências, debates e homenagens.

Nesta 13ª edição, as atividades serão divididas em três temáticas: História, Diversidade e Economia Criativa e acontecerão nos dias 20 de novembro e 8 de dezembro.

Amanhã (20), MC Thaíde e MC Sharylaine serão mestres de cerimônia do espetáculo musical “Novembro Plural”, com a participação de Odisséia das Flores, Psicopretas I (Danna Lisboa, Bia Doxum, Sistah Chilli, Cris SNJ, Anarka), Shirley Casa Verde, Brisa Flow, Pri Fênix, MC Soffia, Alinega e Batalha da Dominação, às 19h. A noite termina com discotecagem dos DJs Niely e Vivian.

Já em dezembro, a programação terá debates, bate-papos e apresentações. Também será apresentada uma série de homenagens a coletivos e figuras importantes da história e da trajetória da cultura hip-hop paulista.

O festival é produzido pela Organização Social Amigos da Arte.

Calendário Turístico do Estado

2019 marca a inclusão oficial do encontro no Calendário Turístico do Estado, resultado da aprovação da Lei nº 17.039, de 17 de abril de 2019, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A edição deste ano também registra a mudança de nome do evento, que passa a se chamar HIP-HOP SP 2019, visando a ampliação de seu objetivo e transformando-o em um espaço contínuo de desenvolvimento de políticas públicas e fomento da cultura e da economia criativa para o setor.

Realizado anualmente desde 2006, o encontro de hip-hop tem atraído cada vez mais o interesse de grupos que representam as diferentes formas de representação do movimento negro, comprovando o potencial cultural, criativo e econômico do evento. A iniciativa consolida seu papel como ferramenta de representação e transformação social e política dos grupos envolvidos e da sociedade.

Programação:

20 de novembro (Dia da Consciência Negra)

Apresentação do espetáculo “Novembro Plural”, concebido e dirigido por MC Sharylaine, Tiely, Yzalú e Monna Brutal. A apresentação contará com as participações especiais de Odisséia das Flores, Psicopretas I (Danna Lisboa, Bia Doxum, Sistah Chilli, Cris SNJ, Anarka), Shirley Casa Verde, Brisa Flow, Pri Fênix, MC Soffia, Alinega e Batalha da Dominação. A noite terminará com discotecagem dos DJs Niely e Vivian.

Local: Sala Sérgio Cardoso

Horário: das 19h às 22h

Mestres de Cerimônia: MC Sharylaine e MC Thaíde

Entrada: Gratuita

08 de Dezembro

Em dezembro, serão realizados encontros entre movimentos culturais, trocas de experiências e formações relacionadas à cultura Hip-Hop, colocando em discussão temas ligados às três temáticas adotadas para a edição de 2019:

História: da cultura, do hip-hop e do evento;

Diversidade: um panorama da cultura hip-hop por meio da valorização de suas vertentes mais plurais, das linguagens e das expressões artísticas e sociais;

Economia Criativa: apresentação de todo o potencial do setor, formação das redes de desenvolvimento e da economia cultural gerada e movimentada por todos os envolvidos com as distintas formas de expressão do hip-hop.

À noite, grupos farão apresentações ao vivo no palco do Sérgio Cardoso em uma celebração da cultura negra, do hip-hop e da arte urbana. Também serão apresentados os primeiros detalhes de uma série de homenagens a coletivos e figuras importantes da história e da trajetória da cultura hip-hop paulista.

Serviço:

Datas: 20 de novembro e 08 de dezembro

Local: Teatro Sérgio Cardoso (Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista)

Entrada: Gratuita

Classificação: Livre

Realização: Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Produção: Amigos da Arte