O 3º Festival de Música da Unidade de Internação de Santa Maria apresenta mostra musical produzida por adolescentes que cumprem medida socioeducativa de privação de liberdade.

“Se a história é nossa deixa que noiz escreve!”, este é o tema do 3º Festival de Música da Unidade de Internação de Santa Maria que acontecerá nesta quarta-feira (26/09), a partir das 09h00, na própria unidade.

Neste dia serão apresentadas composições produzidas pelos próprios adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. A atividade também contará com a participação do grupo de rap, Donas da Rima, formado por mulheres, que aborda em suas composições temas como autoestima, equidade de gênero, violência urbana, entre outros.

Donas da Rima – Foto: Alice Cruz

O Festival mostra o resultado do que foi produzido ao longo de 2018 pelos socioeducandos da Unidade de Internação de Santa Maria – UISM, a partir das atividades ofertadas pelo Projeto RAP – Ressocialização, Autonomia e Protagonismo. Todos os inscritos são premiados com troféu de participação. Os campeões das categorias melhor intérprete, melhor letra, revelação e o primeiro, segundo e terceiro colocados têm suas músicas gravadas e compiladas em um dos volumes da coletânea “Entre o Sonho e a Saudade”. O tema do evento foi inspirado na música “Poucas Palavras” do professor, poeta e rapper Renan Inquérito e a musicalização e produção das composições são de responsabilidade do rapper e produtor musical Heitor Valente.

A iniciativa tem como objetivo utilizar a música como uma ferramenta pedagógica, com grande potencial educativo, que se relaciona com diversas áreas do conhecimento e ainda contribui com a habilidade motora, comunicação e principalmente com a emoção. O Festival é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do DF – SECRIANÇA, a Secretaria de Estado de Educação – SEEDF, o Núcleo de Ensino da UISM, o Projeto RAP, a Coordenação Regional de Ensino de Santa Maria, o Instituto de Estudos Socioeconômicos – INESC e a Associação Respeito e Atitude – AREA.

Destaca-se que o Festival é uma das ações que compõe a parceria entre a Unidade de Ensino da Uism e o projeto Onda do Inesc,que foi selecionado pelo Prêmio Itaú-Unicef em âmbito local e segue concorrendo na categoria regional. A primeira etapa já confere ao Inesc e à escola o valor de 20 mil reais a serem aplicados em atividades pedagógicas e culturais na Uism.