Felipe Moreno (23), mais conhecido como Bolado é um músico independente da denominada nova escola do rap nacional.

Natural da cidade de Guarulhos – São Paulo. Desde 2012 está envolvido com música, onde foi integrante de um grupo de pagode, desde então passou por diversos grupos e gêneros musicais entre eles MPB, Pop, Samba, Sertanejo e sua última passagem que foi como baterista em uma banda independente de Rap.

Atualmente Bolado atua como vocalista em um projeto solo, onde lançou seu álbum de estreia chamado Absorção (Novembro de 2018), o trabalho que conta com 10 faixas mesclando música e poesia expõe todas as vivências e experiências absorvidas nos últimos anos do artista.

Hoje, cinco meses após sua estreia solo Bolado lança seu novo single, intitulado como Boladão, na letra o jovem cantor expõe suas ideias sobre o lado egocêntrico do rap, uma menção ao comportamento de rappers que não respeitam os origens do movimento e buscam seus interesses pessoais a qualquer custo.

“Esse som é a voz de todos os manos que de alguma forma faz o rap acontecer, saca? Que tá alí fazendo seu trampo dia após dia sem reconhecimento nenhum, enquanto outros falam e fazem merda por aí e ainda assim são vistos como o “Hype”, a “nata”, “os caras que deram certo”, diz Bolado. O cantor ainda completa falando: “Esse som vem pra falar que apesar de estarem fazendo “Rap”, eles jamais serão o Rap, porque no rap não existe espaço pra quem se acha Deus, pra quem acha que é melhor que o outro.”

A música ainda traz referências de obras conhecidas mundialmente como: O Grito, Abaporu e Guernica, utilizando de elementos expressos nas obras como munição para suas linhas, Bolado também cita diversos nomes de pintores renomados e ataca friamente alguns rapper’s no videoclipe da faixa que foi produzido pelo próprio artista de forma independente.

O novo som conta com a produção de KB & Danielz do estúdio RCK Records.

Clique aqui para escutar o álbum “Absorção” 

Confira o videoclipe Boladão”: