Morando nos Estados Unidos, o primeiro produtor do rapper Hungria continua produzindo e se apresentando em nova performance

Quem não lembra do autêntico Bonde Tesão? Aquele grupo de funk, integrado por quatro rapazes, que levava os bailes à loucura, em Brasília? O BT acabou, mas o fundador e vocalista Kruel segue com a carreira solo em Boston (EUA). Além desse trabalho, o também produtor musical deu play na carreira de diversos artistas do ramo. Hungria Hip Hop, um dos rappers mais consagrados do Brasil, foi um dos primeiros da lista.

Há quatro anos, Kruel mudou-se com a família para os Estados Unidos, começou a carreira solo do zero, mas continuou produzindo suas próprias canções. Aos poucos, o também DJ foi se introduzindo no meio musical do novo país e conquistando parcerias com outros músicos, DJs e produtores de eventos americanos. Junto com a produção de um EP, veio a primeira turnê pelos EUA, passando por Boston, Hyannis, Newark e New York.

Durante alguns anos, Kruel deu uma pausa na produção musical, para dedicar-se a outros projetos, mas decidiu que voltaria a produzir aos poucos, em parceria com alguns amigos.

“Hoje faço um trabalho com alguns produtores do meio artístico e de renome no cenário brasiliense. O Neguin Pacificadores é um deles. Além do Dj WS, o Rael dos beats e Ojizzy”, esclarece.

Seu último projeto “XXXqueminha” foi lançado recentemente em todas as plataformas digitais.

Ouça o hit “XXXqueminha” no Youtube:

Na ativa desde 1994, a paixão pela música é o que move o artista. A primeira oportunidade de subir ao palco foi em um baile, no Gama (DF). Mesmo passando por várias dificuldades, aos poucos Kruel foi conseguindo mostrar seu talento ao público e a produtores de eventos, não só do DF, mas em diversas cidades do país. No início, chegou a abrir shows do Mister Catra, MC Marcinho e da dupla Claudinho e Bochecha. Sucessos como “Sou de quem pegar pegou”, “Tô no Colt” e “Mulher Independente” abalaram os bailes funks da época.

Relembre o sucesso “Mulher Independente” do Bonde Tesão: