Banda instrumental faz versão ska reggae do clássico “Canto de Ossanha”

Com o avanço da pandemia do coronavírus em todo o Brasil, o setor da música tem precisado se reinventar para continuar em contato com o público e colocando ideias em prática. No último dia 13 de maio, a banda paulista Buena Onda Reggae Club, considerada um dos principais novos nomes da cena instrumental brasileira, lançou nas suas redes sociais um vídeo que reuniu todos os músicos, só que à distância. No som, uma versão em ska reggae do clássico afrossamba Canto de Ossanha, de Vinícius de Moraes e Baden Powell.

Confira:

https://www.facebook.com/BuenaOndaReggaeClub/videos/958207331264531/

Mais Sobre a Buena Onda Reggae Club:

Surgida em 2016 da conexão entre a cidade de São Paulo e a Região do Grande ABC, a banda instrumental Buena Onda Reggae Club é, atualmente, um dos nomes mais fortes da cena independente de SP. Formada por integrantes de grandes bandas e projetos do cenário musical contemporâneo como Nomade Orquestra, Samuca e a Selva, Black Mantra, Jah-Van, Leões de Israel, Ba-Boom, entre outras, a Buena Onda Reggae Club conta com Kiko Bonato nos teclados, Eduardo Marmo no baixo, Marcos Mossi na guitarra, Felipe Guedes na bateria, Cauê Vieira no saxofone e flauta, Rodrigo Ribeiro no trompete e Victor Fão no trombone.

O grupo realiza uma fusão musical combinando os ritmos jamaicanos como ska, o reggae, o rocksteady e o dub com tendências como salsa, jazz, afrobeat e a música caribenha e brasileira. Transmitindo uma vibração positiva, vem conquistando um amplo e diversificado público com seus shows. O primeiro disco de estúdio, Buena Onda Reggae Club, tem produção musical de Pedro Lobo (Braza) e foi lançado em agosto de 2017. O segundo disco, “Buena Onda Reggae Club II”, foi lançado em janeiro de 2020, com produção musical de Victor Rice. O show de lançamento contou com a participação do cantor e compositor Samuel Rosa (Skank), um dos mais importantes nomes da música brasileira.

Buena Onda Reggae Club já passou por palcos como Sesc Pompeia, Sesc Paulista, Sesc Araraquara, Sesc Belenzinho, Mundo Pensante, Estúdio Bixiga, Citylights Hostel, Zé Presidente, Casa das Caldeiras, Hangar 110, Bourbon Street, CavePool, Estrella Galícia Estação Rio Verde, Al Janiah, Carioca Club, Casa Azul, Dog Lab, Centro Cultural da Juventude – CCJ, Lar Mar, além de espaços no ABC paulista como Casamarela, 74 Club, To The Sea, Japa e Tree, no litoral paulista e também no interior do estado. Também já participou dos festivais Primavera, Te Amo e SIM São Paulo, ambos na capital, e dividiu palcos com nomes expressivos da cena nacional como OBMJ, Laylah Arruda, Xaxado Novo, Samuel Samuca (Samuca e a Selva), Victor Rice, Skafandros Orquestra, Braza e Rafa Moura.