O curta do rapper Baiano superou a megaprodução “Apeshit” , do casal Beyoncé e Jay-Z

O prêmio dedicada a trabalhos criativos que transitam pelo universo da música. E é um dos mais importantes do mercado publicitário, o reconhecimento veio através do curta-metragem “Bluesman”, do seu álbum “Epônimo”.

O filme venceu na categoria Entertainment for Music, que teve também o vencedor o rapper Childish Gambino com o clipe de “This is America”.

O projeto do curta do Baco discutiu a divisão racional no Brasil.

“Nós escolhemos Bluesman como o Grand Prix do ano porque é brilhante, é um trabalho de arte e é feito com classe”, disse a presidente do júri de Entertainment Lions for Music, Paulette Long. “O curta-metragem (que ajudou a lançar o álbum) reverte a simbologia da dominação branca para combater o racismo institucionalizado.”

Confira “Bluesman”: