Contendo três faixas, o trabalho solo foi lançado oficialmente no dia 28 de junho e traz ritmos como Dancehall, Pop e R&B

Assim como Jill Scott vivendo a vida como ouro em Golden, esse é o momento da artista Morenna em meio ao lançamento do primeiro EP. Intitulado “Blá Blá Blá”, o álbum traz três faixas, explora ritmos como Dancehall, Pop e R&B e chegou oficialmente às plataformas digitais no dia 28 de junho.

A estreia ainda conta com o videoclipe de Blá Blá Blá, já disponível no YouTube e ganhou muitos elogios de Emicida e Baco Exu do Blues.

Explicitando uma trindade de emoções: raiva (Blá Blá Blá), alegria (Quando eu quero) e amor (Sentimento), a artista apresenta pela primeira vez canções dançantes, coreografadas e claro, muito sinceras. Integrante também do grupo Solveris (ES), Morenna teve como forte inspiração estética e musical, artistas como Stefflon Don, Rosália, Cardi B e Solange Knowles.

“Sempre fui uma artista solo e esperei muitos anos pra chegar o momento ideal, de ter confiança suficiente para mostrar a minha real face como artista. Hoje eu me enxergo mais madura e com mais experiência, podendo identificar o que eu realmente quero passar para o meu público, com mais repertório e uma identificação maior com minha própria essência”, afirma a artista.

Com necessidade de se afirmar como ser pensante, que cria e que é capaz de construir o próprio caminho, o clipe de “Blá blá blá” traz clima de vitória e evidencia que a raiva pode ser um mecanismo para buscar o que se quer. Com direção do cineasta Junior Batista, o trabalho de criação apresenta um compilado de referências de artistas como Kali Uchis, Pabllo Vittar, Oshun e até mesmo Beyoncé.

“Eu queria transmitir um sentimento: que nós mulheres somos poderosas o suficiente para alcançarmos nossos objetivos. A trajetória não é fácil, mas é necessário sempre reafirmar que nós conseguimos, mesmo que o mundo todo queira colocar alguém por trás dos nossos feitos”, explica Morenna.

Confira “Blá Blá Blá”: