AfroRagga, membro do MOVNI, lançou no início do mês o single “80 Tiros“, a segunda de uma sequências de músicas que serão lançadas pelo, rapper e produtor brasiliense, ao longo desse 2019 e que começou a partir do lançamento de “TrapMan” há dois meses.

80 Tiros” é um dedo na ferida. Fazendo uma referência ao trabalhador, Evaldo dos Santos Rosa, executado covardemente pelo Exército Brasileiro com 80 tiros, AfroRagga contesta o tipo de sociedade que nos tornamos lembrando ainda vários outros casos de execução realizadas pelo Estado e tratadas como “casos isolados”. O rapper é direto, as vítimas tem sempre  a mesma condição social e a mesma cor.

O som teve o instrumental, a mix e master assinadas por Gardi, a gravação realizada no estúdio do próprio AfroRagga, o RudeBass, e o lyric por conta do Dinho Odin (Art Tribo Studio).

Uma música importante, pois o Rap como voz dos oprimidos não pode ser calar diante do extermínio dos seus. Confira: