Próxima etapa, única antes da grande final, acontece dia 30, na Penha, na Arena Dicró, a partir das 16h

O MC Xamã, que é natural de Campo Grande, zona oeste do Rio, foi o campeão da terceira etapa da Batalha do Real, no último dia 7, na Arena Fernando Torres, em Madureira, e conquistou vaga para a grande final, na Lapa, em novembro. Ele disputou o título com o MC Rayzen, de Caxias, e começou o free style pedindo desculpas ao MC Big Black, com quem havia se desentendido, no duelo anterior. “Não é só pelo prêmio, é pelo rap, e nosso inimigo é outro. Aquilo ali é como se fosse a última batalha da minha vida”, comentou.

Xamã e Big Black (Fotos: Henrique Madeira)

Xamã e Big Black (Fotos: Henrique Madeira)

Xamã é Jason Fernandes, 25 anos, e ganhou este apelido, nas rodas de free style, por se parecer com o índio do jogo Mortal Kombat, o personagem Nightwolf. Natural de Campo Grande, ele agora mora em Copacabana e, há um ano, abandonou o emprego para perseguir o sonho de viver de rap. Ele tem projeto de rap com o MC Estudante, de Padre Miguel, que também concorre nesta edição da Batalha do Real, o Xamã Estudante. As músicas da dupla estão disponíveis no YouTube e no Spotify. Xamã começou a rimar aos 12 anos e é fã de Black Alien e Speed Freaks, da escola de Niterói, e Racionais MCs.

A próxima e quarta etapa da Batalha do Real acontece no dia 30 de outubro, às 16h na Arena Dicró, na Penha, quando os 16 MCs participantes disputam as quatro vagas para a grande final, em novembro, na Lapa, para a qual já estão classificados o MC Xan, que ganhou as duas primeiras etapas, e o MC Xamã, vencedor da terceira etapa. A festa na Penha terá Old Dirty Bacon e Chapadão como mestres de cerimônia, pick ups comandadas pelos DJs Babz Brutal, LP e Saddam e shows de MãoLee (TUDUBOM Records), Akira Presidente e Sain (Pirâmide Perdida).