A iniciativa é do rapper Negotinho, que se uniu a entidade para lançar o clipe da música “Empinar Pipa” e promover um bate papo com jovens que residem no bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo, sobre formas conscientes de preservar a tradição de soltar pipa na periferia.

Negotinho

Negotinho

O rapper Negotinho, conhecido no cenário do Rap Nacional pelo seu trabalho de articulação cultural em prol da difusão da cultura Hip Hop na cidade de São Paulo, apresenta o clipe da música “Empinar Pipa”, faixa inédita do seu novo CD “Viva a Vida”, na sede da Associação Brasileira de Pipas, entidade localizada no bairro de São Mateus, na zona leste da cidade, que organiza ações sociais e culturais para manter viva a brincadeira de empinar pipa no Brasil.

O lançamento do clipe também será um momento para refletir sobre a tradição de soltar pipa na cidade, juntamente com a presença de crianças e adolescentes do bairro de São Mateus, que participarão de um bate papo e uma oficina de pipa, promovida pelo rapper em parceria com a entidade.

“A linguagem do Rap é bem aceita pelos jovens, pois ela dialoga com mais fidelidade com o estilo de vida deles, por isso, queremos aproveitar o lançamento do clipe, para transmitir uma informação que os conscientize de um forma mais atraente e descontraída”, explica o rapper, destacando que o período de férias escolares é um bom momento para colocar em prática a iniciativa de realizar o bate papo e a oficina com os jovens da comunidade.

O clipe da música “Empinar Pipa”, dirigido pelo produtor audiovisual Toni Santos foi gravado durante o I Campeonato Brasileiro de Pipas, realizado em Osasco no mês de abril. “O clipe é uma homenagem para quem viu no ato de soltar pipa uma forma de diversão e reunião de amigos. Pois esta foi a minha realidade vivida aqui em São Mateus e de muitos outros jovens espalhados pela Brasil afora”, conta o rapper.

De acordo com organização do evento, estão previstas cerca de 30 crianças para participar do lançamento do clipe, da oficina de criação de pipa e da roda de conversa, que abordará o formato como a brincadeira está sendo praticada nos dias atuais.

associacao _brasileira_de_pipas

Para o presidente da Associação Brasileira de Pipas, Cristiano Concordio, a iniciativa do rapper de produzir uma música e um clipe sobre a brincadeira é importante para cativar os jovens da periferia.”O nosso trabalho é manter viva a tradição de soltar pipa e conscientizar os mais jovens sobre a forma de brincar, evitando inclusive acidentes. E com o trabalho artístico do Negotinho, eu sinto que nós ganhamos um importante aliado para apoiar o nosso trabalho com a juventude”, destaca.

Reforçando a importância de realizar eventos como esse, para jovens e crianças da periferia, o presidente da entidade lista sete dicas para praticar a brincadeira sem riscos:

  1.  Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos;
  2. Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos. Procure locais abertos como praças e parques.;
  3.  Não empine pipa em cima de lajes e telhados;
  4.  Jamais utilize linha metálica, como fio de cobre de bobinas ou cerol (mistura de cola com caco de vidro). Também não faça pipas com papel laminado. O risco de choque elétrico é grande;
  5.  Se a pipa enroscar em fios, não tente tirá-la. É melhor fazer outra. Nunca use canos, vergalhões ou bambus;
  6.  Cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar para trás, pode ter algum buraco correndo risco de se machucar;
  7.  Atenção especial com os motociclistas e ciclista, pois a linha pode ser perigosa para eles. Fique atento para que a linha não entre na frente;
  8.  Além de todas essas medias, recomendamos aos motociclistas o uso de “antenas antilinhas”.

[youtube] — [facebook]