O rapper Rincon Sapiência lançou o videoclipe “A Volta pra Casa”, faixa que integra o seu premiado álbum de estreia “Galanga Livre”.

O lançamento promete emocionar o público ao homenagear a classe trabalhadora, que sofre cotidianamente com as condições precárias do sistema público de transporte. No clipe, a sensibilidade do rapper em traduzir através da poesia a rotina de grande parte do povo brasileiro ganha ainda mais força com as cenas, combinação que dá forma a uma narrativa comovente.

Com roteiro, direção e produção da dupla de diretores Kill the Buddha, formada por André Chitas e Vinicius Terranova, o clipe foi rodado em São Paulo e contou com a coprodução da Barry Company e da Boia Fria Produções. A história coincide com a realidade da população periférica, que perde boa parte do seu dia no trajeto entre o trabalho, a faculdade e o lar. “O clipe teve como principal conceito uma representação poética dessa luta diária do trabalhador brasileiro, que é a sua volta pra casa. Depois de um dia de trabalho árduo, das jornadas duplas, dos perigos que a cidade impõe e da precariedade dos transportes, esses cidadãos são confrontados com essas dificuldades diariamente”, explica a dupla de diretores.

Para representar a ideia, André e Vinicius optaram por desenvolver um clipe que representasse esses sentimentos através da dança e da expressão corporal. O elemento atemporal, com cenas que poderiam se passar nos anos 60 e 70, foi adotado como uma maneira de enriquecer a linguagem, marcada por uma veia surrealista em diversos momentos do clipe.

A música é um dos destaques do álbum “Galanga Livre” e traz belos arranjos de cordas que tocam fundo a alma dos ouvintes. Os versos de Rincon Sapiência traduzem poeticamente tanto a rotina de uma trabalhadora quanto a de um trabalhador em seus trajetos de volta para casa. Apesar do cansaço, eles enfrentam as dificuldades e os perigos do caminho, que são coroadas pelo reencontro com suas famílias e o aconchego do lar ao final da longa jornada. A temática é recorrente no trabalho do rapper, que já tratou sobre a questão da mobilidade urbana e do direito de ir e vir no clipe “Transporte Público” (2013), época das grandes manifestações contra o aumento das passagens em diversas capitais do país.

O videoclipe “A Volta pra Casa” atesta a versatilidade do Mc em tratar sobre temas rotineiros de maneira singular, construindo uma narrativa que espelha o dia-a-dia da população periférica brasileira, ao mesmo tempo que reflete a realidade vivida pelo próprio rapper durante seus deslocamentos pela cidade. Assim, o lançamento se revela como uma verdadeira crônica cotidiana, que propõe relatar histórias de vida anônimas vividas pelos trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil.

[youtube]