Dindindon, RAP o som…!

Salve galera,

Hoje nossa capital completa 56 anos. Para quem não sabe o Jornal do Rap é nascido nas periferias de Brasília, portanto, resolvemos prestar uma homenagem com uma playlist. São poucas músicas, daria para colocar umas 20, mas irei resumir. De início iria fazer uma lista baseada nas que curto, mas resolvi ser democrático e fiz uma pesquisa nos grupos de rap do whatsapp com a seguinte pergunta: Quando falamos Rap Brasília que marcaram, qual a primeira música que vem em sua mente?

E foi assim que nasceu essa playlist que tá demais. Interessante que ninguém lembrou de música mais atual. Podemos ver também como o Rap Brasília sempre foi completamente diferente do resto do país.

Por fim, foram lembrados também pessoas que construíram o Rap Brasília como Marquinhos da Smurphies Disco Club e o saudoso Dj Celsão.

Dá play que não se arrependerá! Vamos nessa viagem no tempo:

Começo por um hino da capital:

Essa foi de longe a mais lembrada de todas:

1 – Tô Só Observando – Dj Jamaika

Pra conhecer Brasília:

2 – Brasília Periferia Part. 2 – GOG

Em seguida veio o grupo que talvez seja o mais marcante da história do Rap Brasília:

3 – Pague pra Entrar e Reze pra Sair – Alibi

A próxima é Ceilândia total, um grupo que estava a frente do seu tempo:

4 – Ceilândia Revanche do Gueto – Câmbio Negro

Na sequência pediram pesada:

5 – A Minha Parte eu Faço – Cirurgia Moral

Outro som que não parava de tocar por aqui:

6- Deus é Nosso Pai – Guindart 121

Outro som muito pedido:

7 – Equipe da Favela – Liberdade Condicional

Essa quando pediram meu deu uma saudade, pqp!

8 – Pedindo Perdão – Realidade Atual

Agora talvez uma das melhores músicas já feitas na capital:

9 – Maloca – Código Penal

Bem pedida também essa da sequência:

10 – Rezem por aquele Homem – Ideologia e Tal

Essa também marcou a história do DF.

11 – De Herói a Bandido – Voz Sem Medo

Cara essa não parava de passar nas ruas da perifa!

12 – 6 Bocão – Tropa de Elite

E pra finalizar uma música que seria o inicio de uma total mudança no Rap Brasília para alegria de uns e ódio de outros:

13 – Carro de Malandro – Tribo da Periferia

E ficamos por aqui. Diz aí qual música ficou de fora.