“Hoje o café da cabeceira esfria, igual suas emoções
Janela aberta, nem senti! O tempo ruim, sem previsões
Nada de paz! Seus sonhos estão mortos nos lençois
Sem voz, sem ação, suas razões esperançosas dormem a sós: Pim Plim!
TV testa fidelidade, investe em falsa liberdade, te congela entre as imagens
Traz mensagem distorcida das festas e futilidade
Mas jamais vão expor quem chora, atrás dos restos de maquiagem, neguinho
Despertador, Big-Brother, 9-8-4!
Sua tranca, seu quarto, seu tempo sentado, seu trago
Seu trampo, sentado, se seguindo, sem ver sentido
Sem teto, seu estado, no estúdio e não avista a intenção do inimigo
Papai Noel veste vermelho e te traz coca
Te lacra na embalagem no escuro e cê nem se toca
Não tem como sair mais já nem nota
Que o mundo é de plástico e tem quem finge não enxergar o que nos sufoca…
Vamos voltar a realidade…“

OBS: Não exibiram a participação do rapper Marechal e nem ao menos o citaram na TV e no site do programa.