Single, inspirado no discurso e representação política de Nelson Mandela, antecipa o quinto e homônimo disco do cantor pernambucano

Esquentando a estreia de seu quinto  álbum, previsto para sair no dia 23 de março, o cantor Maciel Salú acaba de divulgar a faixa-título “Liberdade”.
Inspirada no discurso e representação política de Nelson Mandela, música foi composta, pelo próprio artista, em um período de muitas inquietações e questionamentos, principalmente relacionados ao racismo, intolerância religiosa e desigualdade.
“Infelizmente, tudo isso ainda está presente em nossa sociedade. Percebam, como exemplos, os ataques aos terreiros de Candomblé e Umbanda, além da proibição das sambadas de Maracatu Rural. São coisas que vivi e lutei contra nesses últimos anos, sem contar muitas outras situações que precisei passar pelo único e exclusivo fato de ser negro, vindo de uma família simples, nascido, enquanto músico, no berço da cultura popular e não na academia, nem no conservatório. Essa canção, para mim, é quase um grito que, durante muito tempo, ficou engasgado. Um misto de revolta e, ao mesmo tempo, serenidade e sabedoria”, ressalta.
 Com influências do rock e pop, “Liberdade” foi gravada com bateria, guitarra, baixo e rabeca. Essa última, vem crua e sem efeitos, mas bastante marcada. Para dar um peso extra na sonoridade, alfaia, gonguê e caracaxá. 
Somando um pouco mais de três minutos, track é, acima de tudo, um convite ao respeito, consciência e dignidade universal.

[youtube]