A rapper desde o começo dos anos 2.000 escreve uma trajetória ímpar: já abriu shows de ícones do rap norte americano como Jurassic Five e De la Soul, tem um disco coletivo com a participação de Nana Vasconcellos, assina parcerias com Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Russo Passapusso (Baiana System), Kiko Dinucci (Metá Metá) e com a banda Aláfia, além de uma apresentação na premiação do extinto VMB com Karol Conká, Flora Mattos e Marcelo D2 por conta de um clipe que chegou a primeiro lugar nas paradas da emissora. Também foi contemplada pelo Natura Musical com uma turnê por diversas capitais do Brasil, participou do primeiro programa Cantoras do Brasil, que contava também com Malu Magalhães e até Camila Pitanga entre outras divas e já abriu o show do grupo mais importante de rap da história do país, os Racionais MC’s dentro da turnê Cores e Valores em 2015.

Agora em 2016 Lurdez fez a família crescer e nos presenteia com um novo trabalho cheio de inspiração e esperança.

“A gente se aproxima muito da fonte de toda criação quando está gerando uma nova vida, e se
a mulher ficar atenta vai perceber uma conexão enorme com os canais para inspiração.” declara
Lurdez da Luz sobre o porquê de produzir durante a gravidez.