O rapper norte-americano Lupe Fiasco foi expulso de um evento em comemoração à posse de Barack Obama em Washington na noite de domingo (20), após cantar versos contra o presidente reeleito dos EUA.

“[Rush] Limbaugh é um racista, Glenn Beck é um racista, a Faixa de Gaza estava sendo bombardeada e Obama não disse nada. Por isso não votei nele na primeira e na segunda vez”, cantou o rapper.

Após mostrar os versos na festa, Lupe foi impedido de continuar no palco do evento pela organização.

O show StartUp RockOn, do qual Lupe Fiasco era uma das atrações principais, foi uma das comemorações não oficiais realizadas antes da cerimônia de posse do presidente nesta segunda-feira.

Lupe Fiasco já lançou quatro álbuns nos EUA e foi indicado 12 vezes ao Grammy nas categorias de rap. Em 2008, ele venceu com a faixa “Daydreaming”.

VIA: G1