Música faz parte do projeto “Reversos – Instrumentalizando a poesia”

“Afundei o navio negreiro do meu coração, não me sinto escravo de nada, sei nadar” . Este é um trecho da poesia inédita “Canto das Negras Lágrimas”, de Sérgio Vaz, que ganhou música na voz e no beat do grupo Inquérito. Parte do projeto “Reversos – Instrumentalizando a poesia”, que aproxima músicos e poetas de diferentes estilos em releituras emblemáticas da arte brasileira.

Nesta miscelânea, a cultura da periferia e a literatura marginal aparecem nas linhas de Sérgio Vaz, que ganham som ao serem cantadas por Renan Inquérito e Pop Black. A canção reconta uma história de luta que se funde com uma batida funkeada.

O projeto é parte do conceito do site Nego Dito, que completa um ano. O presente aos leitores é um disco virtual que reúne um material inédito, com a participação de 26 músicos e 16 poetas.

Esta não é a primeira vez que os talentos se cruzam. O poeta e criador do sarau da Cooperifa gravou uma participação no segundo disco do grupo Inquérito, o “Um Segundo É Pouco” na faixa “Já disse o poeta” e mais recentemente, apareceu e teve o nome citado no videoclipe “#PoucasPalavras”, também do grupo, além de ter escrito o prefácio do primeiro livro de poesias do Renan Inquérito.

Outra novidade ainda está em fase de concepção, mas conta com o músico Felipe Rima, do Ceará, que em 2011 lançou o disco “Entre o Batuque do Coração e a Poesia da Vitória”, somente com textos musicais e que agora vai cantar algo de Renan Inquérito, completando a trinca.

Para completar, o projeto traz ainda um vídeo dos bastidores da gravação. Com direção de Vras77, o material audiovisual foi gravado no estúdio de Thiago Galego.

Ouça a versão para Canto das Negras Lágrimas na coletânea Reversos – Instrumentalizando a Poesiahttps://www.facebook.com/NegoDito/app_2405167945?ref=ts