Heitor Valente, que há pouco tempo colocou seu primeiro álbum (que já tem cara de clássico) na rua, acaba de lançar o clipe de uma das músicas mais emocionais de seu trabalho: Súplica.

Com direção de Ivan R. Lacombe e Rodrigo E. Vieira, produção de Kenia M. Lacombe, direção fotográfica de Ivan R. Lacombe e edição e finalização de Ivan R. Lacombe, o clipe capta com perfeição a essência da música.

A música é uma representação poética sobre fé e espiritualidade na concepção do artista.

A fé e a espiritualidade andam de mãos dadas com sua conduta e seu caráter, são as atitudes que tomamos no dia a dia que fortalecem a paz de espírito e a fé dentro de cada um de nós. diz o rapper Heitor Valente.

A música, é uma representação poética sobre fé e espiritualidade na concepção do artista, discorre em forma de oração, ressalta que a humildade e a valorização das pessoas que te amam são as verdadeiras fortunas deste mundo, e salienta que temos que perseverar diante das adversidades e atribulações, seguir em frente independente do que acontecer e lutar pelo que é certo ainda que este seja o caminho mais difícil.

Confira esse ótimo trabalho.

Letra:

A vida cobra escolhas jow, então faça a melhor
Confie naquele que liberta e nos ergue do pó, veja só!
Das cinzas um fênix renascido
Inaugurou o reino ungindo a alma do bandido
Não tem lucro nesse mundo, que pague o perdão
Nem tribulação que abale o coração do ladrão
O exemplo é a presença de quem nunca fraquejou
Morreu como um homem, honra e glória morô!
A real malandragem é ser humilde e mais nada
Pois respeito verdadeiro se conquista em casa
No amor dos seus filhos, esposa e sua família
Merecedor com louvor de cada sol que brilha
A inexplicável sensação de recompensa
Na paz do senhor ter a moral dos seus coroas pra pedir a benção…
Acredite que essa luta não é em vão
Guerreiro de verdade, corpo, alma e coração

Perseverança é a força motriz que nos faz seguir
E que não deixa o ódio me dominar
Mesmo que o mal e a ira tentem me consumir
Fortaleça meu espírito no vale das sombras
Que Deus proteja as crianças da favela
E os pais e mães que também fazem parte dela
E que abençoe os correria dessa terra
E não permitam que tenham suas almas ceifadas na guerra
Aonde o medo impera, me dê discernimento
Me faça forte independente do tormento
Me dê conhecimento e o equilíbrio necessário
Pra ser digno, do seu sacrifício no calvário
Peço que a vingança não desvie meu trajeto
E que meu ego não deturpe minha visão
Me de coragem para estar do lado certo
Ainda que a morte seja o preço da missão

[youtube]