Os melhores b-boys do mundo competem na final em 29 de novembro na França. O brasileiro Luan é um dos finalistas

Depois de mais de 90 cyphers pelo mundo todo, os vencedores das seis finais nos Estados Unidos, Brasil, Argélia, Finlândia, Taiwan e Croácia se juntam ao time de dez wild cards, espécie de repescagem da competição feita pelos juízes, para disputar o título de melhor b-boy do mundo.

A final mundial do Red Bull BC One acontece no dia 29 de novembro no histórico Grand Halle de la Villette  em Paris, na França, um dos principais centros culturais da cidade, que hoje abriga muitos eventos de hip hop e dança. Paris já recebeu o evento em 2008.

Os 16 candidatos que brigam pelo título são: Victor (EUA), gravidade (EUA), tese (EUA), 2006-2013 campeão Hong 10 (Coréia do Sul), 2008 campeão Wing (Coreia do Sul), Menno (Holanda), Luan (Brasil), 2005-2009 campeão Lilou (França), 2012 campeão Mounir (França), Tonio (França), Cheerito (Rússia), Alcolil (Rússia), Lil G (Venezuela), Benny (África do Sul), louro (Austrália) e Taisuke (Japão).

O representante brasileiro, o bauruense Luan Carlos dos Santos, o b-boy Luan, de apenas 23 anos,  venceu todas as batalhas eliminatórias e levou a melhor na final LATAM no fim de agosto. “Na hora que eu danço não consigo pensar em nada, mas antes de entrar numa batalha eu penso em tudo que eu já passei pra estar aqui, e aí eu acordo pra vida”, afirmou o brasileiro logo após a vitória em Belém do Pará.

Esta é a segunda vez que Luan vence uma final latino-americana do Red Bull BC One. Com inspiração em artes marciais, Luan é dono de um estilo vibrante e provocativo. “Assisto a filmes de artes marciais desde criança, eles são disciplinados e, na hora de mostrar, dão o recado”.

O famoso rapper francês JoeyStar será o MC da competição parisiense. Um dos DJs B-boys mais conhecidos, Lean Rock, será o responsável por animar a competição, ao lados dos grupos de Hip Hop Aktuel Force e Wanted Posse. Um time de B-Boys lendários irá determinar o vencedor de cada rodada durante a noite. São eles: The End (Coréia do Sul), Ken Swift (EUA), Yaman (França), Yan (Rússia) e Luigi (EUA). Eles valorizarão a seleção de habilidades técnicas e físicas, coreografia e interpretação criativa da música.

A final mundial do Red Bull BC França será transmitida ao vivo pelo site: www.redbullbcone.com no dia 29 de novembro começando às 5:00 p.m. horário de Brasília.

Desde a sua criação em 2004, o Red Bull BC One tornou-se a competição premier no mundo de B-Boying, atraindo os melhores breakers no mundo. Originalmente concebido como um evento “só por convite”, a série abriu-se agora para dar a qualquer B-Boy a chance de competir em uma das fases de qualificação, as chamadas cyphers.  A competição comemora a quebra de cultura usando o seu formato original de batalha homem a homem.

Sobre o Red Bull BC One

Desde que foi criado, em 2004, o Red Bull BC One estabeleceu-se como uma das mais relevantes competições da cena b-boying mundial, sendo palco para inúmeros dançarinos, caso dos brasileiros Pelezinho (que já disputou quatro edições do Mundial) e Neguin, único latino americano a conquistar o cinturão de campeão.

O Red Bull BC One é a competição mais importante de b-boys homem-a-homem no mundo. A cada ano, milhares de b-boys competem nas City Cyphers, finais nacionais, por uma vaga nas seis finais, realizadas na Europa Ocidental, Europa Oriental, América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e Oriente Médio e África. Os vencedores vão para o Red Bull BC One World Finals, em que 16 irão participar, mas apenas um sai coroado campeão.

O primeiro Red Bull BC One foi criado em 2004, na Suíça. Desde então, a competição anual viajou da Alemanha para o Brasil, África do Sul, França, EUA, Japão e Rússia.

Sobre o Red Bull BC One All Stars

O time de b-boys da Red Bull surgiu em 2010 e reúne alguns dos principais nomes da cena em atividade. São os b-boys Cico (Itália), Hong 10 (Coreia do Sul), Lil G (Venezuela), Lilou (França), Neguin (Brasil), Pelezinho (Brasil), Ronnie (EUA), Roxrite (EUA), Taisuke (Japão) e Wing (Coreia do Sul).