“Serpenteando” foi inspirado no relacionamento entre Dropê e seu pai, Paulo Sérgio de Carvalho, falecido em 2008 devido a uma doença genética chamada dependência química. O clipe produzido pela Enraíze Films traz a reflexão pessoal do artista que se liberta da culpa depois de alcançar uma nova compreensão a respeito da doença.

“Meu pai veio a falecer em 2008 por causa da doença, claramente prejudicado pelo uso de drogas  em sua vida inteira (principalmente cocaína, álcool e remédios tarja preta, os piores desta da lista).
Infelizmente por motivos de desgaste emocional e falta de compreensão, nós já estávamos sem se  falar direito durante anos. Meu pai faleceu e não tive a chance de dar adeus a ele, não o perdoei em  vida, não me perdoei e não me libertei desse sentimento, uma mistura de culpa e raiva que me acompanhou durante um bom tempo, mesmo depois de sua partida. ”

Relatos como este trazem perguntas feitas por milhares de pessoas todos os dias: Como ajudar um dependente a se libertar e reencontrar fontes de prazer independentes da substância química? Como conviver com o problema mantendo o equilíbrio emocional?

“Serpenteando é um som que fiz buscando transformar meu drama familiar em arte, com o objetivo de gerar reflexão e diálogo coletivo.”

O clipe anuncia também a conclusão de mais um ciclo na tragetória do produtor, poeta e  ambulante cultural. Dezembro é o mês de lançamento do single “Multiversos”, que  primeiramente foi compartilhado com DJ’s e rádios cariocas a fim de resgatar a cultura de lançamento a partir destes profissionais. E no início de 2014 vem o esperado disco “Entre Nós”, produzido pelo Selo Miragem Records.

FICHA TÉCNICA
Letra – Dropê Comando Selva
Produção do som – Estúdio 202
Produção da Base – Dropê e Arthur Moura
Direção – Daniel Gurjão e Sula Turner
Filmagens – Daniel Gurjão
Edição – Enraíze Films
Colaboração – Yhasmin Laporta e Dandara Rodrigues