Dupla tocará músicas do disco “Craca, Dani Nega e Dispositivo Tralha”, melhor disco do ano na categoria música eletrônica no Prêmio da Música Brasileira

Após lançar seu primeiro video clipe, “Papo Reto”, a dupla Craca e Dani Nega saem de terras paulistanas para se apresentar dia 01 de dezembro, às 20h, no Festival BR 135, no Maranhão, evento integrante no roteiro de festivais brasileiros. Na programação, cantores, oficinas e debates fazem o papel de mediar a produção cultural e os amantes da cultura. O show acontece no Palco Spotify, Praça do Reggae, na Praia Grande. Dani Nega e Craca,  sobem ao palco para mostrar ao público músicas do disco “Craca, Dani Nega e Coletivo Tralha”, considerado “o melhor disco do ano de 2016” na categoria música eletrônica pela 28 edição do Premio da Música Brasileira.

O disco é um manifesto poético, político-social e dançante, tem sonoridade variada, com canções e músicas instrumentais, o rap e hip-hop vem acompanhados por ritmos diversos em músicas como “Sou Preto Mesmo”, expondo ironicamente a apropriação da cultura negra. Entre as instrumentais, “Thoracica”, uma cumbia abrasileirada, e “Vintage Sci-Fi”, mix de coco e afrobeat, sonoridades trazidas por Craca.

Craca e Dani Nega fazem uma performance enérgica, onde o público é convidado tanto para refletir quanto para dançar. O som eletrônico multiétnico de Craca é a base perfeita para as rimas de Dani Nega, que falam sério sobre temáticas político-sociais, deixando espaço ainda para amor e poesia. Craca e Dani são acompanhados por banda, formada por Jovem Palerosi (guitarras e programações eletrônicas), Arnaldo Nardo (bateria), Gil Duarte (trombone e flauta) e Eloiza Paixão (backing vocal). Entra em cena ainda, o sistema de videomapping, com projeções de imagens sincronizadas à música, inspiradas em experimentos do pré-cinema ou filmes esquecidos de ficção científica trash coletados e operados em tempo real pelo próprio Craca.