O single / clipe “Pedras de Março” foi inspirada na canção “Águas de Março” de Tom Jobim mostrando o manifesto dos músicos do gueto. O grupo revela que faz música pelo sentimento, pela mensagem, pela elevação da sua própria comunidade, música pra gente é evolução.

Xamã e Estudante convidaram Jean Santoro, para participar com sua bela voz na canção justamente para demonstrar e valorizar os bons músicos que estão nas periferias, escondidos dos holofotes mesmo com sua inquestionável qualidade musical, para de fato demonstrar que a boa música resiste e existe, e a valorização de artistas regionais pelo público local é que faz nascer a esperança no coração dos músicos e a alegria nos ouvintes.

pedra_2

Oriundo das Batalhas de Mcs, Xamã e Estudante gravam seu primeiro Disco com o título: A Nova Velha Escola. Onde trazem ideias revolucionárias com a intenção de relembrar os ensinamentos da antiga escola. Apesar de fazerem parte da nova geração, o disco não possui somente temas festivos e love songs, que é a “pegada” da juventude, mas sim uma verdadeira vitamina de estilos musicais, cujo o rap é o ingrediente principal e recebe uma pitada especial de Reggae, Samba, Bossa Nova e Repente. Muitas vezes na contra mão da mídia ou do que se impõe ao público, “Pedras de Março” é promessa de vida para os corações e ouvidos do público que clamam por boa música.

“É o nosso modo de fazer RAP, mesclar ritmo brasileiro com a poesia das nossas vivencias.”

Prod.beat e mix: Saulo Zion

Master: Luis Café

Part.voz: Jean Santoro

Vídeo: old house (Diego Taveira)

[Youtube]