O Capital Cypher tem o objetivo de mostrar os talentos do Rap da cena de Brasília, sendo assim, juntando “bancas” e “quebradas”.

O projeto foi idealizado por Nauí do grupo Movni, nesse segundo episódio o cypher vem pesado com a lírica do Don do grupo TheGust Mc’s, com Dejah do grupo Dequebra, Don Gerson da banca Alto Kalibre e Afroragga do grupo Movni.

LETRA
DON TGT
Nem tudo é simples
Faz, contribua mais
Natureza nos influencia a ser, não mais.
A vitória eu sei que é surda
Pra quem escuta demais
A cultura sim precisa de quem luta e quem faz!
To no início de uma luta, vermes
Lava a boca pra falar de qualquer irmaozin, vem
To treinando meus sentidos pra vir
No que volto a liberdade é muito mais que isso aqui.
Só tem vagabundo lutando quebrando optando levar a mensagem fazendo mudança de dentro do seu universo
Tentando afastar todo mal por perto
Vida passando por perto
Beirando margens conteúdo curto e reto
Me adaptei e o vento só soprou
Nessa brisa ordinária que me leva e vou
Trabalhando e se vingar, vingou
Só caí de ponta e o beat que me acompanhou

DEJAH
DeJAH, Nóiz nas Ruas, DeQuebra mais uma vez
Enquanto alguns só falavam a gente foi lá e fez
Cês pediram sangue, eu dei meu sangue pra vocês
Agora eu tô no bangue e não me coloquem leis
Não vim pra ser melhor do que ninguém além de mim
Que nem Popó, bater de frente com essa fase ruim
De frase em frase, versos em verso vou construindo o caminho
Plantando o bem até pra quem anda planejando o meu fim
É! Pode vir tentar roubar meu talento
Mas saiba que a chance de falhar é 100%
Pra cada investida negativa contra nóiz
Tem mais linha, tem mais rima pesada com a nossa voz
Não sou cantor, canto pra espantar os males
Tô onde tô, pelas batalhas de freestyle
Tem quem colou, se aproveitou, depois cuspiu no prato
Ter fama sem raiz, prefiro o anonimato

DON GERSON
Chef Bom Rap
Curti sonzera
Vim desinfectar
Prós pela sou canseira
Orquestra marginal
Fortalecendo sua crença
Pressão social
Com isso tudo fico puto
Se meche
Sem cash
Né chefe?
E o teste
Ô red
Pisante Hornet
Te enterre
As cats
As net
A neve
E os beck
Trabalhe pivete
Quem corre merece
Desde de pivete
Me julgaram vagabundo
Não me tornei
Mas sempre fui ‘Chavozudo ‘
Que chora no luto
É que luta por justiça
Fugida da senzala
Minha geração antiga
Don ta na Casa
E os ‘arrombados’ pisa leve
Quem na Verdade
A maioria é que me deve
Os que não deve
Faz cobrança comigo
Brasil é nois
Não é só a Porra dos ‘imbigo’

AFRORAGGA
Chin Chirrion
Chin Chirrion
Que tudo desapareça e só fique o que é bom
Ding Ding Dong Ding Ding Dong
Uma campainha toca no bairro de Kingston
Fom Fonrom Fonfom Fonrom Fonfom
Quando o sanfoneiro toca só solta forró do bom
Dom dom dom dom dom dom dom
Eu tava aqui no baile escutando aquele som
Quando sentir a luz não pare
Na bagunça nunca repare
Não se fruste, não se compare
Encare, não mascare
A maré sempre muda de tom
Colorir como um Koleston
Arcaico como um Flintstone
Mas também dança igual Jackson

[youtube]