A Bahia é um ponto fervilhante de Rap, isso é inegável, e cada vez mais tenho curtindo os sons vindos daquela (para mim) longínqua e rica terra. Eis a maravilha da modernidade, eu aqui no Planalto Central, passando o dia escutando Rap de qualidade vindo do nosso amado e pai nordeste.

Há uma galera nova crescendo no jogo por lá, pronto para “avuáá” alto. Um desses nomes que hoje curto bastante, já apareceu por aqui e virou parceiro: Yan Cloud.

Dono de uma ótima técnica de escrita, Cloud chama atenção não apenas pelas rimas contundentes, mas por soltar punchiles muitas vezes destruidoras.

“Cloud na track bando de poser no rap grita que ama a cultura e nem sabe quem foi Kool Herc”. (Yan Cloud no ÉSIM Session.)

Na semana passada Cloud lançou o single “Insanamente“, com Babi Soares no refrão. O mais legal é que a Babi é mãe do Yan. O som tem um beat muito bom de se ouvir e com uma letra que é estilo do rapper, superação, luta e consciência.

Dá um play aí e confere.

“O Datena quer as “Ibagens” eu quero viver momentos,
Sempre sendo criticado por ter muitos argumentos…”