Com videoclipe, terceiro single lançado pelo grupo neste ano utiliza diversas metáforas e exemplos bastante criativos para responder à pergunta “O que é o rap?”

É uma chave? Um escudo? Uma espada? Uma lâmpada? Um colete? Uma escada? Uma bússola? Um despertador?

Em sua nova música (e videoclipe) “Lição de casa”, o Inquérito mostra que o rap é tudo isso e muito mais, trazendo à tona reflexões bastante pertinentes para o momento do país e da própria cultura hip-hop. Produzida por DJ Duh (Groove Arts), a canção conta com participações de Tulipa Ruiz e um afiado time de músicos.

 Para montar a letra, Renan Inquérito teve a ideia de reunir em uma só poesia diversas frases suas, ditas em entrevistas ou recitadas em shows e saraus. Todas elas possuem um ponto em comum: por meio de metáforas e exemplos pinçados da história, da cultura negra e do cotidiano periférico, cada verso tenta definir o que é rap e qual é o significado de sua essência.

 Renan Inquérito busca na história e na cultura popular inúmeras referências que, para ele, simbolizam o espírito do rap, como nos versos “Marighella, Mandella, Guevara, Dandara, Zumbi/ Foram rap antes do rap existir”. Ativista, o rapper também destaca a importância do trabalho de base na militância social – característica que, ao longo dos últimos anos, tem sido ignorada ou preterida por muitos autoproclamados ‘agentes do hip-hop’: “E as tia que leva sopão pros mendigo/ É rap até umas hora, mais que os MC umbigo”, versa.

 Também a educação ganha atenção especial do músico em “Lição de casa”, já que Renan é poeta, professor e pesquisador – atualmente cursa Doutorado, sob co-orientação do renomado sociólogo português Boaventura de Sousa Santos.

“Todo professor também é um MC, um ‘mestre de classe’, e é mais exigido do que o MC convencional do rap”, reflete o rapper. “O MC do rap pode passar o mesmo conteúdo todos os dias, afinal sempre fala para públicos diferentes. Já o professor lida com a mesma turma todos os dias e, por isso, não pode repetir o conteúdo nem a performance. Então ele precisa ser um ‘MC’ muito mais cabuloso!”

 O videoclipe de “Lição de casa” reúne cenas de arquivo – captadas por Vras77 e editadas por Diogo Zacarias – das muitas andanças do Inquérito por todo o Brasil e por outros países, como Cuba e Argentina. São imagens de shows, saraus, aulas, encontros literários (incluindo várias edições da Parada Poética, projeto literário itinerante criado por Renan) e diversos outros eventos culturais e educativos. “Meu princípio é fazer, na prática, o que teorizo por meio da música. Então preciso estar nas salas de aula, nos saraus, na rua…”, explica Renan. “Essa multidisciplinariedade é para conseguir chegar onde a música não chega. Tem coisas que não cabem no palco e coisas que não cabem na sala de aula, mas elas se cruzam e se complementam. ”

 [youtube]