Curta com direção de Levi Vatavuk e roteiro de Vinícius Vitti foi gravado em fazenda em Minas Gerais

Pouco mais de um ano depois de apresentar ao público o disco Corpo e Alma, o grupo de rap Inquérito lança o clipe da música “Eu Só Peço a Deus”, que compõe o álbum. O curta de pouco mais de 5 minutos revisita um período histórico do Brasil e traça um paralelo entre a escravidão de 1850 e a atual.

O clipe dirigido por Levi Vatavuk, que também assinou o roteiro ao lado de Vinícius Vitti e teve a produção da Dogs Can Fly se passa durante o período da escravidão e apresenta a fuga de um escravo, a luta dos escravizados pela sobrevivência e a violência e as humilhações a que eles eram submetidos. O filme se em Minas Gerais e casa as imagens com a música, a fim de colocar o dedo na ferida e expor as atrocidades cometidas contra os seres humanos.

Para o líder do grupo, Renan Inquérito, o curta é parte de uma reflexão. “Queremos questionar o que mudou de 1850 para 2015. Quando você vê um homem de pele negra sendo açoitado por um capitão do mato, o que isso te faz pensar? A polícia, com seus coturnos pretos, mata igualmente nas periferias. E quem morre é a juventude negra do Brasil. Quando discute-se reduzir a maioridade penal, fecham-se escolas, constroem-se presídios, estão nos obrigando a uma escravidão consentida, a ficar na senzala, a viver das migalhas do homem branco e o clipe vem pra mostrar que tiramos a venda que nos cega. Que não vamos aceitar e que vamos usar a arte para denunciar o racismo e a violência”, destacou.