Quando se trabalha com mídia, mesmo de Rap, há uma compulsão por exclusividade e furos, pois os blogs de Rap vivem de leitores e leitores gostam de surpresas. Por isso, quando meu celular foi bombado por uma série de notificações do Youtube alertando que o álbum-vídeo 3030 Acústico estava no ar, fui tomado desse desejo insano de postagem imediata, mas é claro antes dei um play. A primeira que escutei foi Luz em Todo Morro, música com a qual tenho uma relação para lá de especial, ouvi-lá me fez pensar diferente. Decidi não postar nada no momento, pelo contrário, cheguei em casa no silêncio da madrugada coloquei meus fones e fui ouvir. Não podia ter tomado uma decisão melhor.

O 3030, grupo de Rap carioca com o coração baiano formado por LKRod e Bruno Chelles , desde seu início tem essa marca única do acústico e, sempre tive a certeza que Mundo de Ilusões e Bom Dia, lançadas em versões acústicas em 2014, eram prévias de um trabalho que viria. Ainda bem que eram.

Gravado no cenário paradisíaco do Arraial D’Ajuda/BA, produção audiovisual da Ganja Filmes, direção de PH Stelzer, 3030 Acústico antes de tudo é uma coisa linda de se ver. Cada detalhe visual foi encaixado perfeitamente na sonoridade, desde as ondas sobre os bancos de areia até a pequena platéia vestida com roupas claras, abaixo de guarda-chuvas brancos. Até uma criança dormindo tranquilamente (mesmo que não tenha sido proposital) casou com perfeição da  vibe que esse trabalho transparece.

3030 Acústico

A primeira música do álbum é “Ogum“, começa lindamente com o som do mar seguido da flauta sobre os instrumentos, como uma invocação do Orixá, que chegou no Brasil pelo mar naquela mesma Bahia onde o show acontece. E naquela paisagem e musicalidade ímpares os rappers pedem para que ele leve a maldade e o rancor dos homens por aquele mar que é cenário. Essa música prepara o espírito, traz a paz necessária para que todo o restante do álbum seja aproveitado em imersão total.

Leis Próprias vem na sequência com uma introdução única, a versão original já é ótima, mas os instrumentos trouxeram um destaque novo para a letra, “qualquer revolução começa pelo pessoal” diz um trecho, e a revolução dos três rappers está em ação. A terceira é “Vai lá“, essa como tem um beat pesado na versão original não conseguia imaginar ela acústica, mas ficou ótima. Impressionante a capacidade de se reinventar.

O quase meio do disco, ou seja a quarta música, é “Preciso Saber“, que faz o vocal de Bruno Chelles chegar a um nível de sensibilidade único. Nessa também deixo o destaque para o solo de violão e os scratch’s do DJ, que casaram de uma maneira única.

No número 5, “Homenagem à Vida“, onde Rod sempre cantou “… o som me guia até o último dia, e quando eu morrer, toque essa aqui na minha despedida…”, com essa versão isso nunca fez tanto sentido.

Luz em Todo Morro“, a sexta, já é acústica por natureza, mas mesmo assim a eles conseguiram deixar melhor ainda. A flauta e a percussão deram um efeito único, fiquei só na falta da cuíca, aí teria alcançado a perfeição, mas ficou ótima.

Trimegisto e sua letra filosófica hermética me surpreendeu em está na lista, por ser uma música onde a versão original tem instrumental e áurea psicodélica. E impressionantemente como eles não apenas conseguiram reproduzir isso, como adicionar uma nova cara, fazendo com que a mensagem tenha muito mais impacto. E em minha opinião, nessa a equipe de percussão alcançou seu auge. Após esse mergulho no universo oculto atlantis, recebemos uma dose de vibe alta com “O Foda é que ela é linda“, e a beleza dela transpassa os sentidos.

O disco não poderia ter sido finalizado de uma maneira melhor do que foi, na última posição surge a música “Vou pra rua“, que ganhou uma roupagem reggae ficando anos luz melhor que a original. A instrumental dela que combinada com as imagens da praia, o dia de sol, as ondas beijando a areia, fez desse final algo totalmente poético.

Agora vocês entendem o título desse review? A única coisa que posso expressar é isso: Obrigado 3030 por nos brindar com essa obra ímpar dentro do Rap Nacional e da MPB. Clique abaixo nas músicas e aproveite cada segundo:

Lista de músicas – 3030 Acústico

  1. Ogum (Acústico)

  2. Leis Próprias (Acústico)

  3. Vai Lá (Acústico)

  4. Preciso Saber (Acústico)

  5. Homenagem a Vida (Acústico)

  6. Luz em Todo Morro (Acústico)

  7. Trismegisto (Acústico)

  8. Foda que Ela é Linda (Acústico)

  9. Vou pra Rua (Acústico)

Acesso o site oficial do grupo: http://www.3030oficial.com.br/

O “3030 Acústico” também está disponível para streaming no Spotify e compra no iTunes.